???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10095
Tipo do documento: Tese
Título: A formação acadêmico-profissional para inclusão social nos cursos superiores de turismo: dos aspectos socioeconômicos à discussão curricular
Autor: Carneiro, Ana Lúzia Magalhães 
Primeiro orientador: Cortella, Mario Sergio
Resumo: Este trabalho teve como objetivo verificar em que medida o currículo dos Cursos Superiores de Turismo favorecem uma atuação profissional posterior do egresso voltada à inclusão social, buscando indicar critérios para a construção de estruturas curriculares que possam ter a dimensão política de sua inserção na sociedade. A importância deste tema está relacionada à carência de discussões epistemológicas relacionadas a essa área de conhecimento e à construção de sua tradição dentro da educação superior. A pesquisa privilegiou um estudo dos currículos a partir de uma perspectiva histórica, política e sociológica, sem a intenção de reconceituá-los ou de analisar a prática curricular. Assim, foi realizada uma análise crítica do processo de construção e configuração curricular da área de Turismo, tendo como premissa a inclusão e exclusão social. Como parte das estratégias de investigação qualitativa, a pesquisa bibliográfica possibilitou a construção do referencial teórico a partir de estudos socioeconômicos fundamentados em autores como Gilberto Dupas (2001), Marcio Pochmann et. al. (2005), Sergio Buarque de Holanda (1999), Maria Luisa Santos Ribeiro (1998) e José de Souza Martins (1997, 2002) para a discussão de conceitos de inclusão e exclusão social, centrais neste trabalho. A relação do turismo com a formação histórica e política do país foi avaliada, a fim de verificar se pode ser considerado como uma das alternativas econômicas prioritárias para a diminuição da condição de exclusão social de grande parte das regiões brasileiras. A discussão do Turismo como área de conhecimento foi realizada, tendo como pano de fundo o papel da educação superior, tanto do setor público como privado e a questão da qualidade da formação profissional nesse campo de atuação, verificando-se os problemas que a área está encontrando para se fortalecer e se apresentar para a sociedade como uma alternativa para as transformações sociais. Ao pesquisar a constituição do currículo de Turismo, partiu-se da configuração e debates de sua história recente, por meio de estudos já realizados em teses e dissertações e, principalmente, a partir dos conflitos e encaminhamentos estabelecidos na discussão e construção das Diretrizes Curriculares Nacionais que fundamentaram as atuais estruturas curriculares adotadas pelas Instituições de Ensino Superior. Foram definidos critérios a fim de selecionar IES para a efetiva análise de suas estruturas curriculares, chegando à indicação de dez IES do estado de São Paulo. O exame de suas estruturas curriculares permitiu que se entrasse mais detalhadamente nos discursos recorrentes das produções pedagógicas da área. Para completar o cenário de análise, elaborou-se um painel ilustrativo a partir da opinião de egressos e nas respostas de estudantes de Turismo às questões discursivas do ENADE/2006, procurando indícios da inserção dos conceitos de inclusão social, ética, responsabilidade social, participação das comunidades em sua formação, constatando-se um distanciamento dos estudantes e egressos em relação a essa temática. O estudo sobre as condições socioeconômicas do país relacionado às discussões curriculares de alguns cursos superiores de Turismo do estado de São Paulo possibilitou a indicação de três critérios para construir as bases de uma estrutura curricular que não se limite ao campo da neutralidade, da produtividade e da competitividade: o conceito de qualidade social como referencial para o que se espera do papel do professor, dos estudantes, dos dirigentes educacionais e das comunidades quanto à experiência do Turismo; a identidade dos cursos, como premissa para a construção da tradição de um curso superior inserido em um projeto nacional de inclusão social; e sua função social, fundamentada em valores como ética, tolerância, solidariedade, igualdade social e democratização das relações de ensino
Abstract: This study aimed to ascertain the extent to which the curriculum of College Tourism Courses promotes a professional performance of the graduate related to social inclusion, seeking to state criteria for the construction of curriculum structures that may have the political dimension of their integration into society. The importance of this theme is related to the lack of epistemological discussions in this area of knowledge and the need to construct its tradition in college education. The research focused the study of curricula from a historical, political and sociological perspective, with no intention to reconcept them or to examine their application. It was performed a critical analysis of the curriculum construction and design process in the field of Tourism, with the premise of social inclusion and exclusion. As part of the strategies of qualitative research, the literature search pointed out as theoretical reference studies based on socioeconomic authors such as Gilberto Dupas (2001), Marcio Pochmann et al. (2005), Sergio Buarque de Holanda (1999), Maria Luisa Santos Ribeiro (1998) and José de Souza Martins (1997, 2002) that discuss social inclusion and exclusion concepts, which are central in this work. The relation of tourism to the historical and political formation of the country was assessed to verify whether it can be considered as a priority of economic alternatives to reducing the condition of social exclusion in large parts of the Brazilian regions. The discussion of Tourism as an area of knowledge was held, against the backdrop of the role of public and private College education and the issue of its professional quality formation, noting several problems the area struggles to strengthen up and present itself to society as an alternative towards social transformations. The starting point to understand the constitution of the Tourism curriculum, its design and debates of its recent history were the studies already made in theses and dissertations and, mainly, from conflicts and solutions discussed to state the National Curriculum Guidelines which motivated the current curriculum structures adopted by institutions of college education. The criteria used to select the Colleges for the effective analysis of their curriculum structures came up with the indication of ten Colleges from Sao Paulo State. The examination of their curriculum structures has enabled to go further in recurrent issues of pedagogical literature. To complete the scenario of analysis, there was the elaboration of an illustrative panel focusing the view of graduates and the responses of students to open questions of Tourism of ENADE/2006, looking for insertion evidence of concepts in their formation such as social inclusion, ethics, social responsibility, participation in communities, noting that there is a lack of understanding of students and graduates regarding this topic. The study on the socioeconomic conditions of the country related to the curricula discussions of some Tourism degree courses from the State of São Paulo has allowed the indication of three foundations to build a curriculum structure not limited to the field of neutrality, productivity and competitiveness: the concept of social quality as a benchmark for what is expected of the role of teachers, students, educational leaders and communities about the experience of Tourism; an identity as a premise to build tradition of College Courses; and social function of the courses considered part of a national project of social inclusion based in values such as ethics, tolerance, solidarity, social equality and democratization of relations in education
Palavras-chave: Exclusão social
Inclusão social
Currículo
Tourism
Social exclusion
Social inclusion
Curriculum
Professional formation
Formacao profissional
Integracao social
Turismo -- Aspectos sociais
Turismo -- Estudo e ensino (superior)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo
Citação: Carneiro, Ana Lúzia Magalhães. A formação acadêmico-profissional para inclusão social nos cursos superiores de turismo: dos aspectos socioeconômicos à discussão curricular. 2008. 368 f. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10095
Data de defesa: 13-Nov-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Luzia Magalhaes Carneiro.pdf1,97 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.