???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10276
Tipo do documento: Dissertação
Título: A educação nas ações e proposições do Instituto de Organização Racional do Trabalho (1932-1946)
Título(s) alternativo(s): Education in the actions and propositions of the Institute of Rational Organization of the Work
Autor: Conceição, Marcelo Rodrigues 
Primeiro orientador: Bontempi Junior, Bruno
Resumo: Esta dissertação apresenta os resultados da investigação a respeito das idéias e projetos educacionais do Instituto de Organização Racional do Trabalho, entidade criada em 1931, pela junção de estudiosos de psicologia e de empresários interessados na administração científica do trabalho. A pesquisa foi realizada por meio da análise das matérias educacionais, publicadas entre 1932-1946, na Revista do IDORT (e sua continuação, Revista de Organização Científica), principais veículos de comunicação da entidade, à luz da hipótese de que o instituto, pautado na modernização e na industrialização, considerava a educação como um elemento fundamental na realização dos ideais de racionalização, e portanto, para a reorganização da sociedade. A análise inspira-se na hipótese de Gramsci, que relaciona fordismo, recurso de racionalização aplicado à produção fabril, ao termo americanismo, tomado como um mais profundo processo de modificação da sociedade e da vida do indivíduo, que conduz ao ajustamento do homem ao trabalho industrial e aos novos padrões de consumo que então se desenvolviam com especial força e eficácia na sociedade americana. Por ser o americanismo composto de um conjunto de ações que têm como meta a fabricação de um novo tipo de homem, adequado às novas exigências do mundo moderno, a educação, em suas diferentes modalidades e graus, constitui um ponto central a ser investigado. Conclui-se que a entidade tomava como educação uma série de atividades, expressas em termos como adequar, moldar, instruir, adestrar etc., e que, com o apoio de ciências como a psicologia e a biologia, e reforçada pela cooperação de educadores e empresários engajados em experiências educativas, entendia a educação como o mais eficaz instrumento para a racionalização e, portanto, para a fabricação de um homem novo , considerado necessário para o desenvolvimento do país
Abstract: This dissertation presents the results of the inquiry regarding the ideas and projects of the Institute of Rational Organization of the Work, entity created in 1931, for the junction of experts on psychology and entrepreneurs interested in the scientific administration of the work. The research was carried through by means of the analysis of the educational articles, published between 1932-1946, in the Revista do IDORT (and its continuation, Revista de Organização Científica), its main vehicles of communication. Our hypothesis is that the institute, engaged in the modernization and industrialization of the society, considered the education as a decisive factor for the making of the rationalization ideals, thus, for the reorganization of the society. The analysis has been inspired by the hypothesis of Gramsci, that relates fordism , a policy of rationalization applied to the industrial production, to the term Americanism , taken as a deeper process of changes in social and individual life, which conducts the man to his adjustment to the industrial work and to the new standards of consumption then developed with special force and effectiveness in the American society. As the Americanism could be considered as a set of actions that intents the "manufacture" of a new type of man, adjusted to the new requirements of the modern world, so the different modalities of education should be considered as a central point to be investigated. One concludes that IDORT tooks as "education" a series of activities, expressed in terms such as to adjust , to mold , to instruct , to train etc. Supported by sciences such as psychology and biology, and strengthened for the cooperation of educators and entrepreneurs engaged in educative experiences, the education has been considered as the most efficient instrument to manage the rationalization and, therefore, the manufacture of the "new man", considered necessary for the development of the country
Palavras-chave: Racionalização
IDORT
Organização
Profissionalização
Americanismo
Trabalho
Education
Ameicanism
Work
Organization
IDORT
Rationalization
Instituto de Organizacao Racional do Trabalho
Educação
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::HISTORIA DA EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade
Citação: Conceição, Marcelo Rodrigues. Education in the actions and propositions of the Institute of Rational Organization of the Work. 2005. 115 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10276
Data de defesa: 29-Aug-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
marcelo rodrigues conceicao.pdf2,02 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.