???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10291
Tipo do documento: Tese
Título: O processo de socialização profissional de professores do ensino superior atuantes no curso de administração: trajetórias, saberes e identidades
Título(s) alternativo(s): The professional socialization process of university professors in an administration course: trajectories, knowledges and identities
Autor: Cunha, Marciano de Almeida 
Primeiro orientador: Giovanni, Luciana Maria
Resumo: Esta pesquisa surgiu do interesse em conhecer quais os saberes que professores do ensino superior possuem, como foram construídos e são mobilizados ao longo do processo de socialização profissional. São focalizados professores que exercem a docência no curso de Administração porque, notadamente, em sua maioria, não possuem formação pedagógica. O ponto de partida para identificação dos doze sujeitos da pesquisa foi o resultado da avaliação docente realizada pelos alunos numa universidade privada. Os sujeitos foram escolhidos em função das extremidades dos resultados visando obter heterogeneidade de perfis. Através de narrativas biográficas obtidas por meio de entrevista intensiva, em profundidade, semi-estruturada e de longa duração foi possível o conhecimento da história de vida e do percurso profissional dessa amostra intencional de professores. Os dados foram organizados e analisados segundo categorias que emergiram do quadro conceitual e que remetem ao processo de socialização profissional (vias biográfica e relacional) e aos saberes (pré-profissionais e profissionais) construídos ao longo desse processo. O referencial teórico-metodológico é constituído pelos estudos de Dubar, Tardif, Dubet e considera que os saberes do professor são um saber social, construído num contexto de socialização profissional, legitimado por um sistema de instituições e da história de uma sociedade, no entanto, sem dissociar do que os professores são, fazem, pensam e dizem. Os dados revelaram a heterogeneidade do corpo professoral decorrente de uma possível porosidade do campo da docência no ensino de Administração. Esses professores demonstraram que possuem saberes de origem epistemológica (trajetória não docente) e pedagógica (trajetória docente) que são mobilizados e se articulam pelos processos de comunicação no exercício docente
Abstract: This research has been developed from the interest in understanding which knowledges university professors have, how they have been built and organized through the professional socialization process. The focus is on professors who teach at the Administration course once most of them do not notably have a pedagogic formation. In order to identify the twelve subjects of this research, we used the results from the teachers evaluation carried out by private university students. The subjects were chosen according to the extreme results aiming heterogeneity of profiles. Through the biographical narratives obtained, in depth of knowledge, in long semi-structured intensive interviews, it was possible to know the life history and the professional trajectory of this intentional sample of professors. The data were organized and analyzed according to categories that emerged from the conceptual table and that alluded to the professional socialization process (biographical and relational means) and to the pre-professional and professional knowledges built through this process. The theoretical methodological referential is constituted by studies by Dubar, Tardif, Dubet and considers that the professors knowledges are a social knowledge, built in a context of professional socialization, legitimated by a system of institutions and the history of a society, nevertheless, without disconnecting who the professors are, what they do, think and say. The data revealed the professors heterogeneity due to a possible porosity of the teaching field in the Administration education. Those professors demonstrated that they have knowledges of epistemological (non teaching trajectory) and pedagogical (teaching trajectory) nature that are organized and articulated by the processes of communication in the teaching activity
Palavras-chave: Identidade profissional docente
Socialização profissional
Saberes docentes
Ensino superior
Ensino de administração
Teaching professional identity
Professional socialization
Teaching knowledges
University education
Teaching of administration
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade
Citação: Cunha, Marciano de Almeida. The professional socialization process of university professors in an administration course: trajectories, knowledges and identities. 2011. 225 f. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10291
Data de defesa: 28-Feb-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marciano de Almeida Cunha.pdf5,5 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.