???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10378
Tipo do documento: Dissertação
Título: A experiência com o outro de alunos de graduação em psicologia e o uso da internet
Título(s) alternativo(s): The psychology students experience of relationship and internet use
Autor: Zampronha, Maria Amélia Güllnitz 
Primeiro orientador: Giovinazzo Junior, Carlos Antonio
Resumo: O objeto de estudo da presente dissertação é a experiência com o outro de alunos de graduação em Psicologia. O objetivo é verificar a relação entre esta experiência e o uso da Internet considerando três aspectos, aqui definidos como categorias de análise: preconceito, racionalidade tecnológica e narcisismo. Já que o objeto de estudo da Psicologia é o indivíduo, considerado em suas relações com a sociedade, espera-se que o psicólogo seja capaz de perceber-se e diferenciar-se dos outros indivíduos, de percebê-los e diferenciá-los entre si e de refletir criticamente acerca dos contextos social, econômico, cultural e político em que está inserido. O referencial teórico para fundamentar a pesquisa, a construção do instrumento e a análise dos dados é a teoria crítica da sociedade. O método compreende a aplicação de um Questionário de hábitos de uso de Internet e de uma escala Likert, denominada escala de Experiência com o outro (escala E), e o tratamento estatístico dos resultados obtidos. A escala E é dividida em três subescalas, de preconceito, de racionalidade tecnológica e de narcisismo, e avalia as atitudes e opiniões dos sujeitos em relação às três categorias de análise, compreendendo que elas podem permear e interferir na experiência com o outro e na experiência de autoconsciência. Um alto escore na escala E indica prejuízo da experiência espontânea. Os sujeitos são 72 alunos do curso de graduação em Psicologia, de uma faculdade privada da cidade de São Paulo. As hipóteses previam: forte correlação entre o uso da Internet e as atitudes expressas na relação com o outro; uso mais relacionado à comunicação e à solução de problemas imediatos que à informação; e que quanto maior esse tipo de uso, maior a pontuação na escala E. Verificou-se que a amostra tende a expressar maiores graus de preconceito e adesão à racionalidade tecnológica e menor grau de narcisismo e que há correlação entre o modo como os sujeitos utilizam a Internet e a expressão dessas três categorias
Abstract: The present dissertation s object of study is the Psychology students experience of relationship. The objective is to verify the correlation between said experience and Internet use regarding three aspects, here defined as analytical categories: prejudice, technological rationality and narcissism. Since Psychology s object of study is the individual, regarding one s relationships with society, the psychologist is expected to be able to observe and distinguish himself from the others and the others among themselves, noticing and distinguishing them, and to think critically about the social, economical, cultural and political contexts in which they live. The theoretical reference to ground this research, the questionnaire s development and the data analysis is the critical theory. The method consists in the use of a Questionaire about Internet habits and a Likert scale, called Experience with others Scale (E Scale) and the statistical analysis of the results. The E Scale is divided in three subscales, prejudice, technological rationality and narcissism, and evaluates the subjects attitudes and opinions regarding the three analytical categories, understanding that said categories may permeate and interfere in the experience with others and in the experience of selfconsciousness. A high score in the E Scale indicates lack of the spontaneous experience. The subjects are 72 Psychology students of a private college in São Paulo. The hypothesis predicted: a strong correlation between Internet use and attitudes manifested in the relationship with others; use more related to communication and solution to immediate problems than to information; and the more frequent this use, higher the E Scale s score. It was verified that the subjects tend to express more prejudice and adherence to technological rationality than narcissism and that there is correlation between Internet use and the manifestation of the three categories
Palavras-chave: Psicologia
Internet
Escala Likert
Teoria crítica
Experiência
Psychology
Internet
Likert scale
Critical theory
Experience
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade
Citação: Zampronha, Maria Amélia Güllnitz. The psychology students experience of relationship and internet use. 2012. 104 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10378
Data de defesa: 26-Sep-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Amelia Gullnitz Zampronha.pdf787,18 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.