???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10442
Tipo do documento: Tese
Título: Juventude e conhecimento escolar: um estudo sobre o (Des)interesse
Título(s) alternativo(s): Youth and School Knowledge: a study on (Un)interest
Autor: Reis, Roseli Regis dos 
Primeiro orientador: Silveira Bueno, José Geraldo
Resumo: O presente estudo procura compreender a manifestação de desinteresse de alunos adolescentes pelo conhecimento escolar, no âmago da relação escola-sociedade. A questão do desinteresse manifesto por alunos de ensino médio de uma instituição privada que conta com boa parte de alunos interessados e satisfeitos com a escola é contraposta com dados objetivos que demonstram que existe também por parte dos alunos desinteressados um alto grau de satisfação para com a escola que frequentam. Sob a perspectiva da sociologia, na pesquisa buscou-se desnaturalizar o conceito de interesse, assumindo-o como uma construção sócio-histórica, como algo aprendido; e, a partir daí, compreender de que forma a ambiência familiar e as experiências sociais e de escolarização constituem elementos configuradores da relação do aluno do ensino médio com o conhecimento escolar. Como hipótese, o estudo sustentou que tal desinteresse é fundamentalmente forjado na rede de interdependências composta pela família, pela escola e por outras experiências educativas, onde se engendram e se reforçam as disposições que, em conformidade com as pressões exercidas pelo próprio campo, são acionadas pelo agente e definem sua relação com o conhecimento. Com vistas a testar tal hipótese, foram ouvidos, por meio de entrevistas semiestruturadas, realizadas no ano de 2011, oito estudantes da 2ª série do ensino médio: quatro apontados pelos professores como desinteressados e quatro indicados como interessados. As contribuições do sociólogo francês Pierre Bourdieu, sobretudo os conceitos de habitus, campo, ethos e illusio, constituíram o referencial teórico que orientou todos os passos da pesquisa, da delimitação do problema às análises dos dados empíricos. O estudo apontou que o desinteresse do jovem pelo conhecimento escolar é a expressão de um desinvestimento (no sentido libidinal) cultural - que tem origem no ethos familiar e é reforçado no desajuste entre este e o ethos escolar - e de um hiperinvestimento nas relações de consumo e prazer hedonista, que regem a nova ordem de valores da sociedade contemporânea (onde também se estruturam tais ethos)
Abstract: The present study intends to comprehend the manifestation of uninterest of teenager students in school knowledge, at the heart of the school-society relationship. The matter of the uninterest demonstrated by private high school students is counterpoised with objective data that demonstrates a high level of satisfaction of such students with the school they attend and with the fact that many students remain interested. Under the sociology perspective, the research attempted to denaturalize the concept of interest, assuming it as a socio-historical construction, as something learned, and, thenceforth, to comprehend how the family environment, the social and schooling experiences constitute elements which configure the relation of the high school student and the school knowledge. The study supported the hypothesis that such uninterest is fundamentally forged in the net of interdependence composed by the family, the school and other educational experiences, in which are engendered and reinforced the provisions which, pursuant to the pressures exerted by the field itself, are triggered by the agent and define its relation with the knowledge. Aiming to test such hypothesis, eight students of the 2nd grade of high school were heard, through semi-structured interviews, conducted in the year of 2011: four of them appointed by professors as uninterested students and four appointed as interested students. The contributions of the French sociologist Pierre Bourdieu, especially the concepts of habitus, field, ethos and illusio, constituted the theoretical background that guided all the steps of the research, from the delimitation of the problem to the analyses of the empirical data. The study evidenced that the uninterest of the young in school knowledge is the expression of a cultural disinvestment (in the libidinal sense) which has its origins in the familiar ethos and is reinforced in the maladjustment between it and the school ethos and of a hyper investment in the consumer relations and hedonistic pleasure, governing the new order of values in the contemporary society (in which also structure such ethos)
Palavras-chave: Aluno adolescente
Juventude
Elite
Desinteresse
Conhecimento escolar
Teenager student
Youth
Elite
Disinterest
School knowledge
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade
Citação: Reis, Roseli Regis dos. Juventude e conhecimento escolar: um estudo sobre o (Des)interesse. 2014. 304 f. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10442
Data de defesa: 24-Mar-2014
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Roseli Regis dos Reis.pdf1,7 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.