???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10468
Tipo do documento: Dissertação
Título: O Jardim da Infância Público anexo à Escola Normal da Praça: um estudo sobre o gênero (1896-1926)
Autor: Aird, Maitê Custódio Rios 
Primeiro orientador: Braghini, Katya Mitsuko Zuquim
Resumo: Esta pesquisa tem por objetivo analisar como se demarcavam as diferenças de gênero, mais precisamente, qual educação era dispensada aos meninos e meninas, mediados pelas prescrições do método froebeliano de ensino no Primeiro Jardim da Infância Público, anexo à Escola Normal da Praça, espaço que representava o marco inicial na seriação do serviço público para a infância. A intenção é compreender os diferentes mecanismos que constituíram o modo como os meninos e as meninas eram educados, desvendando a trama que organizava as masculinidades e feminilidades que tal escola propagou. Pensando em uma administração das diferenças sexuais dentro do currículo escolar, foi necessária a observação do currículo da educação infantil na inter-relação entre prescrições, família e escola. Destaca-se a análise da proposta pedagógica do Jardim e as relações de gênero conferidas a uma atividade chamada Brinquedos , tida como representações cênicas para simulações do cotidiano e o conhecimento de coisas. Pela investigação verificou-se que nos registros das encenações previamente se demarcavam o papel do menino e da menina. O recorte temporal abrange o período de inauguração do Jardim da Infância 1896 até 1926, quando se sobressai a utilização das ideias de Friedrich Froebel, idealizador do Kindergarten, principal orientador das práticas em questão. A hipótese é de que neste primeiro espaço de inserção coletiva de meninos e meninas, significados de gênero se traduziam na esfera material, no âmbito das relações, nos recursos pedagógicos utilizados pelas jardineiras e no relacionamento com as crianças e suas famílias, de forma velada, naturalizadas. Para tanto, foram estudados a bibliografia especializada e os documentos encontrados no Acervo Histórico da Escola Caetano de Campos, dando ênfase à Revista de Ensino (1912), Revista do Jardim da Infância (1896 e 1897), livro de registro dos Brinquedos (1903), álbuns de fotografias, livros de matrícula (1897-1908) e de inventários (1896-1947), bem como jornais de época, entre outros
Abstract: This research aims to analyze how demarcated gender differences, more precisely what type of education was given to boys and girls, mediated by the requirements of the teaching method in froebeliano First Kindergarten Public annex to the Normal School Square which represented the starting point in ranking of public services for children. The intention is to understand the different mechanisms that were the way boys and girls were educated, unraveling the plot that organized the masculinity and femininity that this school spread.Thinking of an administration of sex differences within the school curriculum is necessary to observe the curriculum of early childhood education in the interrelation between prescriptions, family and school. There is the analysis of the pedagogical proposal of the Kindergarten and gender relations assigned to an activity called "Toys", considered scenic representations for everyday simulations and knowledge of things. The investigation found that the records of the scenarios previously demarcated the boy and girl role. The time frame covers the opening period of the kindergarten in 1896 until 1926, when it stands the use of the ideas of Friedrich Froebel, founder of the Kindergarten, primary guide of the practices in question. The hypothesis is that in this first collective insertion space of boys and girls, gender meanings are translated in the material sphere, in relations, in pedagogical resources used by gardeners and relationships with children and their families, sometimes so veiled, naturalized. Thus, it was studied the relevant literature and documents found in the history Caetano de Campos School Collection, emphasizing the Education Magazine (1912), Journal of kindergarten (1896 and 1897), the Toys record book (1903), photo albums, registration book (1896-1908) and inventories (1896-1947) and then newspapers, among others
Palavras-chave: Jardim da infância
Infância
Gênero
Kindergarten
Childhood gender
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade
Citação: Aird, Maitê Custódio Rios. O Jardim da Infância Público anexo à Escola Normal da Praça: um estudo sobre o gênero (1896-1926). 2015. 157 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10468
Data de defesa: 27-Feb-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maite Custodio Rios Aird.pdf2,66 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.