???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10482
Tipo do documento: Dissertação
Título: Imigrantes e nacionais: um estudo sobre as relações sociais em sala de aula
Título(s) alternativo(s): Immigrants and nationals: a study of social relationships in the classroom
Autor: Soares, Cybele de Faria e 
Primeiro orientador: Rodrigues, Leda Maria de Oliveira
Resumo: Quando novos sujeitos aparecem dentro do espaço da sala de aula é um momento prolífico para discutirmos a prática pedagógica mediante essas novas demandas. A emergência de imigrantes nas escolas suscita questionamentos variados e esta pesquisa pretende debater as relações sociais entre os nacionais e os imigrantes em sala de aula e o significado disso na integração e na constituição da autoimagem do imigrante, no Ensino Fundamental II de uma escola privada da cidade de São Paulo. Para investigar as dinâmicas promovidas pelos professores, os relacionamentos entre alunos e os discursos, foi preciso um estudo que contemplasse a observação intensiva, entrevistas com os atores escolares e análise de documentos. O trabalho de campo revelou que os alunos imigrantes pouco interagem em sala de aula e se reúnem em grupos de mesma nacionalidade. A justificativa para este fato, encontrada na revisão bibliográfica, de que os professores não têm sensibilidade para compreender o fenômeno migratório e suas consequências nas identidades dos alunos foi insuficiente para compreensão de tal realidade escolar. Os conflitos, as disputas e as ideias que os nacionais têm de imigração e de imigrantes interferem no seu relacionamento com estes e podem modelar suas imagens sobre si mesmos. Elegemos interlocutores teóricos como SAYAD (1998; 2010) para explicar, com base na sociologia, a complexidade do fenômeno migratório, ELIAS (2000) para entender as disputas entre os grupos que, na luta por espaços sociais, humilham e revestem de baixo valor humano os imigrantes recém chegados que, por sua vez, absorvem o estigma que lhes é imputado, baixando-lhes a auto estima. Esta estigmatização provocada nos grupos de imigrantes se apoiou em GOFFMAN (2008) para ser melhor entendida. Vale ressaltar que a escolha de uma escola de elite com um grande grupo de imigrantes, peruanos e chineses, foi estratégica para a compreensão das dinâmicas escolares
Abstract: When new subjects appear within the classroom space, it is a prolific time to discuss the pedagogical practice through their demands. The emergence of immigrants in schools raises various questions and this research intends to discuss the social relations between nationals and immigrants in the classroom and the their meanings in the integration and constitution of the immigrant self-image, in the Elementary Education II of a private school in the city of São Paulo. To investigate the dynamics promoted by teachers, the relationships between students and the speeches, it was necessary a study contemplating an intensive observation, interviews with school players and document analysis. The fieldwork revealed that some immigrant students interact with restrictions in the classroom and gather in groups of the same nationality. The justification for this fact, found in the literature review, that teachers do not have sensitivity to understand the phenomenon of migration and its consequences in the identities of the students was insufficient to understand that school's reality. Conflicts, disputes and ideas that nationals students sustain on immigration and immigrants interfere in their relationship with them and can shape their images about themselves. We elected theoretical interlocutors as SAYAD (1998, 2010) to explain, based on sociology, the complexity of the migration phenomenon, ELIAS (2000) to understand the disputes between groups that, in the struggle for social spaces, humiliate and attribute low human value to newly arrived immigrants who, in turn, absorb the stigma that is alleged against them, lowering them self esteem. The stigmatization suffered by immigrant groups relied on GOFFMAN (2008) to be better understood. It is worth noting that the choice of an elite school with a large group of immigrants, Peruvian and Chinese, was strategic in order to understand school dynamics
Palavras-chave: Imigrantes
Chineses
Peruanos
Relações sociais na escola
Immigrants
Chinese
Peruvian
Social relations
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade
Citação: Soares, Cybele de Faria e. Immigrants and nationals: a study of social relationships in the classroom. 2015. 79 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10482
Data de defesa: 25-Mar-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cybele de Farias e Soares.pdf374,4 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.