???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10563
Tipo do documento: Dissertação
Título: O ensino de filosofia no ensino medio: que filosofia?
Autor: Paiva, Carlos Roberto
Primeiro orientador: Giovanni, Luciana Maria
Resumo: A reforma educacional brasileira dos anos 1990, que teve o Estado como protagonista, o ideário das Agências Internacionais como influência e, como pano de fundo, a redemocratização do país e a configuração de uma nova ordem mundial, modificou a concepção, as finalidades e a organização da educação nacional, e determinou que os conteúdos, as metodologias e as formas de avaliação fossem organizados de tal forma que ao final do ensino médio o educando demonstre [...] domínio dos conhecimentos de Filosofia e de Sociologia necessários ao exercício da cidadania (art. 36, § 1.º, inciso III LDB/96). Nesse contexto, as pesquisas aqui relatadas investigam que ensino de Filosofia está sendo proposto para o Ensino Médio : a) pelos documentos oficiais, a partir das novas diretrizes curriculares dos anos 1990; b) pelo debate acadêmico atual e c) pelos professores da escola pública do Estado de São Paulo. Os procedimentos de pesquisa incluíram: a) questionários aplicados com professores da disciplina de Filosofia da rede pública estadual de Ensino Médio da Diretoria de Ensino da Região de Santos (municípios de Bertioga, Cubatão, Guarujá e Santos); b) análise de documentos (dissertações, teses e artigos sobre o ensino de Filosofia, legislação e subsídios oficiais produzidos para orientação das escolas e dos professores, além de documentos produzidos pelos professores: plano de ensino, atividades e exercícios, depoimentos sobre a importância do ensino de filosofia no ensino médio). São objetivos da pesquisa: a) caracterizar o perfil de formação dos professores de filosofia de escolas públicas estaduais de ensino médio; b) identificar e descrever as propostas de ensino de Filosofia desses professores; c) propor um ensino de Filosofia, para a escola pública de Ensino Médio, a partir das idéias de contra-hegemonia (Antonio Gramsci) e de professores como intelectuais transformadores (Henry Giroux). Os conceitos de cultura e hegemonia ideológica de Antonio Gramsci; de currículo oficial, currículo real, currículo negociado e projetos compartilhados de Gimeno Sacristán; de aprendizagem relevante e ensino educativo de Pérez Gómez, constituem, também, apoios teóricos norteadores da pesquisa.
Abstract: The Brazilian education reform in the 1990s, which had the State as protagonist, the group of ideas of the International Agencies as influence and, as background, the re-democratization of the country and the configuration of a new world order, modified the conception, purposes and organization of the national education, and determined the contents, methodologies and evaluation forms to be organized in such a way that at the end of High School the student would demonstrate [...] domain of the knowledge of Philosophy and Sociology necessary to the exercise of the citizenship (art. 36, § 1, clause III - LDB/96). In that context, the researches reported here investigate which teaching of Philosophy is being proposed for High School : a) by the official documents, from the new curricular guidelines in the 1990s; b) by the current academic debate and c) by the teachers of the public school of the State of São Paulo. The research procedures included: a) questionnaires applied to Philosophy teachers of the public state high schools of the Teaching Board of Santos, in 2005-2006 (cities of Bertioga, Cubatão, Guarujá and Santos); b) analysis of documents (dissertations, thesis and articles on Philosophy teaching, its legislation and official subsidies produced for orientation of the schools and teachers, besides documents produced by the teachers: teaching plan, activities and exercises, depositions on the importance of the Philosophy teaching in high school). This research aims: a) to characterize the profile of the philosophy teachers formation from public state high schools; b) to identify and describe those Philosophy teachers' teaching proposals; c) to propose a Philosophy teaching to the public high school, taking into consideration the "counter-hegemony" ideas (Antonio Gramsci) and the "teachers as transformative intellectuals" (Henry Giroux). Antonio Gramsci s concepts about culture and ideological hegemony; Gimeno Sacristán s concepts about official curriculum, real curriculum, negotiated curriculum and shared projects; Pérez Gómez s concepts about relevant learning and educational teaching, also constitute the research theoretical supports.
Palavras-chave: Aprendizagem relevante
Contra-Hegemonia
Ensino de Filosofia
Ensino Médio
Professores como intelectuais transformadores
Relevant learning
Counter-hegemony
Philosophy teaching, High School, Teachers as transformative intellectuals
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade
Citação: Paiva, Carlos Roberto. O ensino de filosofia no ensino medio: que filosofia?. 2006. 192 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10563
Data de defesa: 26-Sep-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EHPS - Carlos Roberto Paiva.pdf695,56 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.