???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10610
Tipo do documento: Dissertação
Título: A rotatividade docente numa escola da rede estadual de ensino
Autor: Silva, Jadilson Lourenço da 
Primeiro orientador: Vicentini, Paula Perin
Resumo: Este estudo investiga a rotatividade docente na rede estadual paulista de ensino, tendo como campo de pesquisa uma escola estadual de ensino fundamental e médio do município de Franco da Rocha, entre os anos de 1997 e 2006. A rotatividade docente foi verificada a partir da não permanência dos professores de diferentes estatutos profissionais: efetivos, estáveis e ocupantes de função atividade (OFAs), durante os meses do ano e nos sucessivos anos letivos do período investigado. A coleta dos dados sobre a permanência dos professores na escola realizou-se por meio da análise dos Livros-Ponto dos docentes nos anos pesquisados. Verificou-se também, por meio de entrevistas semi-estruturadas, a percepção dos agentes escolares acerca da influência da rotatividade docente na organização do trabalho pedagógico da escola. Os resultados apontaram para a existência da rotatividade docente na rede paulista de ensino, manifestada nas diferentes categorias profissionais que compõem o sistema estadual de ensino. Nos anos de 1997 e 2003, o segmento que apresentou a menor rotatividade foi o dos professores estáveis, que são o de menor número em relação ao total dos docentes. Verificou-se também, na escola pesquisada, que os docentes efetivos o segundo maior grupo de professores - apresentaram os maiores percentuais de rotatividade docente entre os anos de 1997 e 2006, Já os professores temporários durante o período estudado, o maior grupo de professores apresentam o segundo maior percentual de rotatividade docente, porém significativamente menor em determinados anos em relação aos efetivos, salientando que essa categoria não possui estabilidade no emprego e, a cada ano letivo, passam por um novo processo de atribuição de aulas, cujo critério é a pontuação por tempo de serviço. Resultados que contrariam o senso comum de que a estabilidade no emprego ocasiona a permanência. As entrevistas revelaram a percepção dos agentes escolares sobre a necessidade de elaboração de políticas públicas que evitem a precarização do trabalho docente
Abstract: This study investigates the turnover rate of the teachers in the public education system of the State of Sao Paulo. The research field was an Elementary and High School in the city of Franco da Rocha, between 1997 and 2006. The teachers turnover was verified from the fact that teachers from different professional status (permanent, temporary and stable) were not remaining in the same school throughout the year and the subsequent teaching years of the investigated period. The data collection about the stability of the teachers in the schools was done by the analysis of the class logbooks in the years researched. Through semi-structured interviews, it has been verified the perception of the school agents about the influence of the teachers turnover in the organization of school s pedagogic work. The results pointed the existence of a high turnover rate in Sao Paulo, manifested in the different professional categories that compose the state school system. Between 1997 and 2003, the minor turnover was among the stable teachers, who are the minority. In the school researched it was also verified that the permanent teachers the second biggest group of teachers present the largest turnover rate between 1997 and 2006. The temporary teachers the biggest group by the period present the second largest rate. However, this ratio was significantly lower than the permanents. In some years, pointing out that category doesn t have job stability and, at each school year, have to go through a new process of selection to take classes, whose discretion is the time spent in the classroom. These results are the opposite of the common sense, that job stability evokes the permanence. The interviews also revealed school agents perception about public policies that are needed to avoid the harming of teachers work
Palavras-chave: Rotatividade docente
Professores de ensino fundamental e médio
Precarização do trabalho docente
Teacher s turnover
Elementary school and high-school teachers
Harming of teachers work
Professores de ensino fundamental -- Sao Paulo (estado)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade
Citação: Silva, Jadilson Lourenço da. A rotatividade docente numa escola da rede estadual de ensino. 2007. 95 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10610
Data de defesa: 15-Aug-2007
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jadilson Lourenco da Silva.pdf1,66 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.