???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10657
Tipo do documento: Tese
Título: Universidade católica no Brasil: elite intelectual para a restauração da igreja
Autor: Casali, Alipio 
Primeiro orientador: Saviani, Demerval
Resumo: O presente estudo recupera as origens do projeto de criação das Universidades Católicas, no contexto do amplo programa de restauração da Igreja no Brasil, sob a liderança do Cardeal do Rio de Janeiro, D. Sebastião Leme (1921-1942). Para a abordagem desse objeto, servimo-nos de um quadro teóricoconceitual gramsciano, em que destacamos 05 conceitos de bloco histórico, hegemonia e intelectuais (Capitulo I). Munidos desses referenciais teóricos, fomos primeiramente à História Colonial, recuperar as principais experiências extemporâneas e frustradas de constituição, no pais, de um Ensino Superior (Universidade) Católico, em seus respectivos contextos (Capitulo II). A partir de 1921, na Capital da República, D. Leme dá inicio a seu programa de restauração da Igreja no Brasil, dentro do padrão romanizador de Pio XI: centrista, reformista, jesuítico. D. Leme desloca a atuação da Igreja do tradicional campo de negociações da Sociedade Politica para o campo de luta hegemônica da Sociedade Civil. A formação de uma elite intelectual católica laica será um de seus principais objetivos, o que começa a realizar-se através da Revista A Ordem (1921), do Centro Dom Vital (1922) e finalmente do Instituto Católico de Estudos Superiores (1932), embrião das Faculdades Católicas (1940), que resultaram finalmente na Universidade Católica (1946), sob direção jesuitica. A idéia inicial era a constituição de uma única Universidade Católica no Brasil. Mas esse projeto foi logo superado pela criação, em São Paulo, também em 1946, de outra Universidade Católica, sob direção episcopal (Capitulo III). Os depoimentos tomados de alguns fundadores e iniciais dessas duas primeiras e grandes universitárias católicas no pais (PUC-RJ e PUC-SP), importantes lacunas de documentação e iluminaram melhor a intencionalidade de seu projeto de criação(Capitulo IV). A principal conclusão deste estudo foi a do caráter elitista e reformista do projeto de formação de elites intelectuais católicas laicas. Tal projeto, na fase de implantação das Universidades Católicas no Brasil, correspondeu mais aos interesses corporativos imediatos da Igreja, em seu movimento restaurador e, fora dela, aos interesses das camadas médias urbanas em formação, do que aos amplos propósitos culturais e sociais de interesse da sociedade brasileira, como era seu intento manifesto
Palavras-chave: Educacao -- Filosofia
Universidades catolicas -- Brasil
Igreja e Estado
Igreja e universidade
Restauracao catolica
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade
Citação: Casali, Alipio. Universidade católica no Brasil: elite intelectual para a restauração da igreja. 1989. 282 f. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1989.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10657
Data de defesa: 30-Nov-1989
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Alipio Marcio Dias Casali.pdf47,64 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.