???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11416
Tipo do documento: Dissertação
Título: Percepções de professores de matemática do ensino médio sobre o projeto São Paulo faz Escola : um estudo em duas escolas de uma cidade da grande São Paulo
Autor: Oddi, Vanderlei Sanches 
Primeiro orientador: Passos, Laurizete Ferragut
Resumo: Esta pesquisa investiga as percepções de professores do Ensino Médio sobre o Projeto São Paulo faz escola privilegiando o que revelam a respeito do seu processo de implementação. As questões centrais da pesquisa foram: o que destacam os professores a respeito da proposta curricular no que se refere a sua implementação; os professores manifestam se alterou sua maneira de abordar os conteúdos de Matemática, a partir da proposta; em caso afirmativo, o que declaram a respeito dessas mudanças em sua prática; quais foram os dilemas e dificuldades identificados pelos professores na implementação da proposta. Os sujeitos da pesquisa foram cinco professores de matemática do Ensino Médio que atuam em duas escolas que pertencem a um município da Grande São Paulo . Foi utilizada a abordagem qualitativa e a entrevista semi-estruturada como instrumento de coleta de dados. Para a compreensão do discurso dos professores sobre a implementação da proposta curricular, os dados foram analisados seguindo o procedimento da Análise de Conteúdo, conforme preconiza Franco (2008). Também foi realizado um levantamento sobre os documentos oficiais orientadores da Proposta, a fim de apoiar a pesquisa. O estudo amparou-se nas análises de Zibas, Ferreti, Tartuce, Tenti Fanfani, Almandoz & Vitar, Abramovay & Castro, para abordar questões relativas ao Ensino Médio; em Gimeno Sacristan e Pires, para discutir questões relativas ao currículo, e em Huberman para abordar aspectos das fases da carreira docente. Os professores revelam uma boa aceitação do material, embora não se tenha indícios claros em relação à apropriação do projeto em seu cotidiano. A surpresa com a chegada do projeto, o pouco tempo para discussão, os erros identificados no material, a quantidade de aulas para o desenvolvimento adequado do material, o curto prazo e, principalmente, as dificuldades dos alunos com a organização dos conteúdos propostos foram apontados como elementos dificultadores da implementação do projeto. Houve unanimidade em relação ao espaço proporcionado pelo HTPC (Hora de Trabalho Pedagógico Coletivo) como locus privilegiado para as discussões relativas ao projeto e a contextualização dos exercícios propostos, avaliada de forma positiva
Abstract: This work aims at verifying the feelings some high school teachers (Ensino Médio) in the state of São Paulo, Brazil, had regarding the Project São Paulo faz escola, objecting fundamentally what they reveal about its implementation process. The central issues of the research are what they point out about the curricular proposal the project contains; if they declare whether any important change of approaching Mathematics items have occurred; is so, what they state about these changes; the difficulties and dilemmas they identify during the project implementation. The research subjects were five Mathematics teachers who work in two different state high schools in a relative small town near the capital city São Paulo. A qualitative approach was applied with a semi structured interview as a tool for collecting data. These were examined following Content Analysis Procedures, as preconized by Franco (2008). A survey of the guiding vectors of the State Proposal was also built up, in order to theoretically sustain the research. So, this study was supported by the analyses of Zibas, Ferreti, Tartuce, Tenti Fanfani, Almandoz & Vitar, Abramovay & Castro with the purpose of dealing with relevant and specific issues of the teaching in Brazilian high schools; by the analyses of Gimeno Sacristan e Pires to discuss some curriculum items; and by Huberman to examine some aspects of the different phases of a teacher s career. These educators reveal their winsome acceptance towards the material they received, although there is no clear evidence of its appropriation in their daily routine. Their surprise at the material arrival, the short time they had for deeper and further discussion, some errors they identified in the received material, the short amount of classes they had to suitably develop the material in class, and mainly the difficulties the students showed with the contents organization were the main factors to make their work quite complicated, at least pointed out by these teachers. On the other hand, all of them agreed that the place where the meetings occurred for the discussion of the material they received the HTPC (Hora de Trabalho Pedagógico Coletivo) was ideal and quite positive as a privileged locus for the analysis and study of the contextualization of the exercises proposed by the Project
Palavras-chave: Proposta curricular
High school
Curricular proposal
Mathematics
Sao Paulo faz Escola
Matematica (Ensino medio) -- Estudo e ensino
Professores de matematica
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::MATEMATICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática
Citação: Oddi, Vanderlei Sanches. Percepções de professores de matemática do ensino médio sobre o projeto São Paulo faz Escola : um estudo em duas escolas de uma cidade da grande São Paulo. 2009. 127 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11416
Data de defesa: 15-Oct-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vanderlei Sanches Oddi.pdf598,68 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.