???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11931
Tipo do documento: Dissertação
Título: Reabilitação vestibular e qualidade de vida em idosos com queixa de tontura
Autor: Paz-Oliveira, Andréa 
Primeiro orientador: Santos, Teresa Maria Momensohn dos
Resumo: INTRODUÇÃO: As alterações do equilíbrio corporal, clinicamente caracterizadas como tontura, vertigem, desequilíbrio e queda, estão entre as queixas mais comuns da população idosa. O envelhecimento compromete a habilidade do sistema nervoso central em realizar o processamento dos sinais vestibulares, visuais e proprioceptivos responsáveis pela manutenção do equilíbrio corporal, bem como diminui a capacidade de modificações dos reflexos adaptativos. Esses processos degenerativos são responsáveis pela ocorrência de vertigem e/ou tontura e de desequilíbrio na população geriátrica. O programa de Reabilitação Vestibular (RV) é composto por exercícios que objetivam promover o retorno da função dos equilíbrios estático e dinâmico, restaurando também a orientação espacial e é um dos métodos mais efetivos na recuperação do equilíbrio corporal do idoso, pois é capaz de diminuir a tontura, melhorar o equilíbrio e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida dos idosos. OBJETIVO: Investigar os efeitos da reabilitação vestibular em um grupo de idosos com queixa de tontura. MÉTODO: trata-se de estudo prospectivo, longitudinal, quantiqualitativo. Todos os sujeitos responderam ao inventário de handicap para tontura (DHI versão brasileira - Dizziness Handicap Inventory) e realizaram os testes de equilíbrio estático e dinâmico a saber: Romberg, Romberg Barré, Utenberg, Fournier e teste de marcha linear com olhos abertos e com olhos fechados, antes e depois da RV. Foram realizadas oito sessões de RV em grupo de três a quatro sujeitos e, o protocolo utilizado foi o de Cawthorne e Cooksey. Como critério de exclusão foi utilizado o Mini Exame do Estado Mental MEEM, que auxilia na triagem do estado cognitivo do idoso. RESULTADO: Foram avaliados 10 pacientes, sendo 4 homens (40%) e 6 mulheres (60%). Nessa amostra, 60% dos pacientes apresentaram a queixa de zumbido. As idades variaram entre 62 e 83 anos, apresentando média de 68,9 anos. Nos testes de Marcha, todos os sujeitos conseguiram realizar mais testes, tanto na condição Olhos Abertos (OA) quanto na condição Olhos Fechados (OF) após a RV, sendo que a média para OA pré RV foi de 3,3 e pós RV foi de 4,4 e na condição OF a média pré RV foi de 1,5 e pós RV 3,7. O resultado do DHI foi menor após a RV em todos os sujeitos, sendo que a média do DHI pré RV foi de 33,8 e pós RV foi de 8,0. CONCLUSÃO: Os idosos com queixa de tontura apresentaram prejuízo na qualidade de vida, em relação aos aspectos físicos, funcionais e emocionais, avaliados à aplicação do DHI brasileiro. Após a RV todos relataram diminuição da tontura e melhora do equilíbrio, com melhora na qualidade de vida, tanto nos aspectos físico, funcional e emocional. Em todas as provas de equilíbrio estático e dinâmico os idosos obtiveram melhora, conseguindo fazer mais provas após a RV. Observou-se ainda que os fatores idade, sexo e exame vestibular não fatores determinantes para a resposta final do tratamento
Abstract: INTRODUCTION: The balance disorders, clinically characterized as dizziness, vertigo, imbalance and falls are among the most common complaints of the elderly population. Aging impairs the ability of the central nervous system to perform the signal processing vestibular, visual and proprioceptive responsible for maintaining body balance and diminishes the capacity for adaptive changes in reflexes. These degenerative processes are responsible for the occurrence of vertigo and/or dizziness and imbalance in the geriatric population. The program of vestibular rehabilitation (VR) is composed of exercises that aim to promote the return of function of the static and dynamic balance, restoring also the spatial orientation and is one of the most effective methods to recover body balance in the elderly because it is able to decrease dizziness, better balance and consequently improve the quality of life of the elderly. OBJECTIVE: To investigate the effects of vestibular rehabilitation in a group of elderly patients with dizziness. METHOD: This is a prospective, longitudinal, qualitative and quantitative. All subjects responded to the dizziness handicap inventory (DHI Brazilian version - Dizziness Handicap Inventory) and underwent the tests of static and dynamic balance as follows: Romberg, Romberg Barre, Utenberg, Fournier and linear walking test with eyes open and eyes closed before and after the RV. There were eight VR sessions in groups of three to four subjects and the protocol used was the Cawthorne and Cooksey. The exclusion criteria was used Mini Mental State Examination - MMSE, which assists in screening the cognitive status of the elderly. RESULTS: We evaluated 10 patients, four men (40%) and 6 women (60%). In this sample, 60% of patients had tinnitus. Their ages ranged between 62 and 83 years, with a mean of 68.9 years. In the walking tests, all subjects were able to perform more tests, eyes open (EO) and Closed Eyes condition (EC) after VR, and the average VR for EO was 3.3 pre and post VR was 4,4 and provided the average pre EC VR = 1.5 and 3.7 after RV. The result of DHI was lower after the RV in all subjects, with the average of the DHI before RV was 33.8 and after RV was 8.0. CONCLUSION: The elderly with dizziness showed impaired quality of life in relation to physical, emotional and functional, evaluated the application of Brazilian DHI. After all reported a decrease in RV dizziness and improve balance with improved quality of life, both in the physical, functional and emotional. In all tests of static and dynamic seniors have improved, managing to do more tests after the RV. It was also observed that the factors age, sex and vestibular were not determining factors for the end of treatment response
Palavras-chave: Idoso
Tontura
Equilíbrio
Equilíbrio postural
Reabilitação
Aged
Dizziness
Balance
Postural balance
Rehabilitation
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Paz-Oliveira, Andréa. Reabilitação vestibular e qualidade de vida em idosos com queixa de tontura. 2012. 70 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11931
Data de defesa: 30-Jul-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Andrea Paz de Oliveira.pdf682,12 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.