???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12180
Tipo do documento: Dissertação
Título: Introdução da fonoaudiologia e da alimentação oral para pacientes adultos na UTI: critérios técnicos e subjetivos
Autor: Loureiro, Fernanda Soares 
Primeiro orientador: Spinelli, Mauro
Resumo: No tratamento fonoaudiológico em geral e na reabilitação da deglutição é preconizadaa intervençãoprecoce.No Brasil, as decisõessobre o início do trabalho deste profissional, nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva de adultos (UTI), são recentes. Este estudo buscou aprofundar algumas questões referentes ao início da avaliação e intervenção fonoaudiológica na UTI e os critérios que determinam quando realizar a introdução de dieta por via oral (VO). A metodologia utilizada foi o levantamento de dados da literatura especializada, entrevistas com fonoaudiólogos e médicos com relatos de suas experiências, e a descrição de dois casos clínicos que serviram para ilustrar as questões discutidas. Como resultado, pôde-se concluir que apesar do consenso de se preconizar o atendimento fonoaudiológico precoce, a atuação em UTls de adultos, até o atual momento, ainda é restrita e marcada por experiências e concepções divergentes, diferentes, por exemplo, quanto a privilegiar ou não apenas dados físicos. Muitos critérios que definem a possibilidade de se iniciar a terapia direta são consensuais; estado clínico, metabólico, sistema respiratório e cardíaco estáveis, além da cognição preservada. A intervenção indireta ainda é controversa quanto ao seu objetivo e eficácia. Para o início da avaliação funcional, além dos critérios mencionados acima, o uso de ventilação mecânica e euff insuflado quase sempre são considerados impeditivos. Este estudo levou a questionar a padronização de condutas estritas em detrimento das avaliações amplas que incluam aspectos subjetivos dos pacientes nas intervenções fonoaudiológicas e na introdução de alimento por VO em pacientes internadosem UTI
Abstract: In speech therapy and deglutition rehabilitation, an early intervention is usually recommended. In Brazil, the decisions of beginning treatment with a speech therapist, in the Adult Intensive Care Unit (ICU), are recent. This study has tried to thoroughly examine some questions referring to the beginning of a speech therapist's evaluation as well as his/her intervention in the ICU and the criteria that determine when to introduce a diet by oral means. The methodology used was the gathering of data from specialized literature, interviews with speech therapists and medical doctors describing their experiences and the description of two clinic cases that illustrate the discussed themes. As a result, we may conclude that despite the consensus of recommending patients to start speech therapy as soon as possible, the professional practice of the speech therapist in an Adult ICU, until the present moment, is still restricted and characterized by divergent concepts and experiences. Many criteria that define the possibility of initiating therapy are consensual: clinic state, stable metabolic, respiratory and cardiac systems, as well as preserved cognition. Indirect intervention is still controversial regarding its objective and efficiency. For the beginning of a functional evaluation, besides the criteria mentioned above, the use of mechanical ventilation and insufflated cuff most of the time is considered to be an obstacle. This study has lead us to question the standardization of strict conduct at the detriment of broader evaluations that include subjective aspects of patients in speech therapy interventions and in the oral introduction of food in ICU patients
Palavras-chave: Fonoaudiologia
Deglutição
Disfagia
Unidade de terapia intensiva
Speech therapy
Deglutition
Intensive care unit
Tracheotomy
Mechanical ventilation
Dysphagia
Unidade de tratamento intensivo
Transtornos de degluticao -- Terapia
Ventilacao mecanica
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Loureiro, Fernanda Soares. Introdução da fonoaudiologia e da alimentação oral para pacientes adultos na UTI: critérios técnicos e subjetivos. 2004. 150 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12180
Data de defesa: 30-Nov-2004
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fernanda Soares Loureiro.pdf15,36 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.