???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12433
Tipo do documento: Dissertação
Título: A velhice retratada nos filmes publicitários
Título(s) alternativo(s): Old age portrayed in advertising films
Autor: Mazzaferro, Denise Salvador Morante
Primeiro orientador: Lopes, Ruth Gelehrter da Costa
Resumo: As estatísticas revelam que o Brasil terá mais de mi es de a itantes em , dos quais cerca de mi es u tra assarão a barreira dos 80 anos, concretizando o fenômeno da ongevidade . Vivendo na sociedade de consumo, os seniores viajam, partem para o outro extremo do mundo, visitam cidades e museus, fazem cursos de informática, praticam esporte, sendo cada vez mais alvo de mercados de consumo. Hoje, os idosos brasileiros têm um potencial de consumo de R$ 7,5 bilhões, o dobro da média nacional. Baseando-nos na ideia de que a publicidade, o consumo e a cultura de massa, refletem características fundamentais da cultura moderno-contemporânea, esta pesquisa procurou examinar como as agências de publicidade e seus clientes retratam o público idoso em suas campanhas. Desse modo, 13 filmes publicitários, foram submetidos a uma análise crítica. A metodologia escolhida para desenvolver tal pesquisa foi a análise de conteúdo com a intenção de, mediante a descoberta dos núcleos de sentido que compõem a comunicação, ultrapassar o alcance meramente descritivo da mensagem, com a intenção de atingir uma interpretação mais ampla. Foram destacados os temas recorrentes nestes filmes: sete focalizam a relação velho/ tecnologia; três, a velhice é marcada como o tempo de memória, de credibilidade, de história e passado; um, a e eza ou a não ossi i idade de e eza na ve ice e, dois, a avosidade - relação entre avós e netos. Os referidos temas utilizados pelos anunciantes foram aprofundados na interlocução com teóricos, permitindo questionar estigmas e preconceitos relativos às representações de velhos e velhices. Considera-se, que adaptações sejam necessárias na comunicação, a fim de retratar melhor o envelhecimento, reforçando-o como uma das fases da vida, com suas características únicas, repleta de possibilidades
Abstract: Statistics reveal that in 2050 Brazil will have more than 260 million, of which approximately 14 million will exceed the barrier of 80 years of age, materializing the phenomenon of longevity, agequake . Living in a consumer society, currently seniors travel, all around the world, visiting cities and museums, take computer courses, play sports, increasingly being the target of consumer markets. Today, the elderly Brazilians have a potential of consumption of R$ 7.5 billion, double of the national average. Considering that advertising, consumer and mass culture reflect and explain certain key features of modern-contemporary culture, this research aiming to show - in the current Brazilian socio-economic context - how advertising agencies and their clients portray the elderly public in their campaigns. Along these lines, 13 commercials that had the elderly as protagonists were selected as the focus of a critical analysis that investigated which concepts of elderliness were portrayed. The methodology chosen to develop this research was content analysis with the intent of, based on the identified cognitive units that compose the communication, transcend the reach of simply descriptive message, to reach a wider interpretation. Recurring themes were highlighted in the 13 films: - seven of them focused on the relationship between the elderly and technology; in three of them the elderliness was associated with memory, credibility, history and past - one, beauty or "no possibility of beauty" in old age, and two showed, the relationship between grandparents and grandchildren. The discussion of how these themes were used by advertisers and how they reinforce the stigmas and prejudices was the purpose of this research, presenting other possible representations of seniors and aging. It also points out where adjustments in communication are necessary in order to better portray aging, reinforcing it as one of the stages of life, with its unique features and full of possibilities
Palavras-chave: Velhices
Velhos
Filmes publicitários
Consumo
Old age
Old
Advertising films
Consumption
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Gerontologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia
Citação: Mazzaferro, Denise Salvador Morante. Old age portrayed in advertising films. 2013. 102 f. Dissertação (Mestrado em Gerontologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12433
Data de defesa: 23-Sep-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Denise Salvador Morante Mazzaferro.pdf1,94 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.