???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12476
Tipo do documento: Dissertação
Título: A musicoterapia como tratamento coadjuvante à Doença de Parkinson
Título(s) alternativo(s): Musictherapy as a coadjuvant treatment of Parkinson Disease
Autor: Lodovici Neto, Pedro
Primeiro orientador: Côrte, Beltrina
Resumo: Este trabalho resultou de uma pesquisa com abordagem qualitativa, na interface da Gerontologia e Musicoterapia, ao analisar como o exercício de tocar um instrumento, ou cantar, ou praticar um exercício musical orientado, funciona como uma atividade terapêutica para as pessoas portadoras da Doença de Parkinson. A coleta de dados teve como instrumentos entrevistas baseadas em questionários, com gravação e transcrição, realizadas com dez sujeitos: dois musicoterapeutas (pianista e regente do Coral terapêutico); dois fonoaudiólogos e dois fisioterapeutas que orientam a terapia vocal e corporal dos doentes; quatro idosos portadores da Doença de Parkinson, três membros da Associação Brasil Parkinson (ABP), localizada em São Paulo, e um membro, pessoa pública, cujos dados foram colhidos de entrevista e livro publicados na mídia. A análise, a sistematização e a interpretação dos dados basearam-se no paradigma fenomenológico, e apontam: que a Música é um excelente meio para melhorar a vida do doente, fazendo-o conviver bem melhor com a doença e minimizando seus efeitos motores e não-motores (sintomatologia). O cantar ou o tocar instrumentos musicais (piano, violino...), enquanto atividades músico-terapêuticas, são um meio para a auto-expressão e a auto-realização, com as canções revelando a subjetividade/existencialidade interna de cada idoso. A autoconfiança do idoso participante de tais atividades faz com que ele ganhe expectativas positivas quanto a seu presente e esperança em relação ao futuro. A Musicoterapia enquanto tratamento coadjuvante pode ser estendida e indicada a outras áreas de atuação musicoterapêutica. E, finalmente, considerou-se que a Musicoterapia reflete sobre temas relacionados à vida/morte, à saúde/doença, além de repensar a relação do idoso com sua doença e com as demais pessoas do seu ambiente
Abstract: This study is a result of a research in the qualitative approach, in the Gerontology and Musictherapy scenario. It was analyzed the importance of alternative practices like playing an instrument, singing, or practicing a guided musical exercise as a therapy activity for old people with Parkinson Disease. The data collection was based on questionnaires, with recorded and transcript information, obtained from ten individuals: two musictherapeuts (a pianist and a maestro of the therapeutic Chorus), two phonoaudiologists and two physiotherapists, which guide vocal and physical therapy of the patients, and four old people with Parkinson Disease, members of the Association Brazil Parkinson-ABP, located in Sao Paulo, one of them a public person, from which information was collected from a published interview and a published book. The analysis, the systematization and the interpretation of the data were based on the phenomenological paradigm, which pointed: music is an excellent way to improve the life of the patient that becomes more sociable, decreasing physical and psychological symptoms (symptomatology). The singing or playing (piano, violin) act, as therapeutic activity, is a way for the self-expression and self-realization, and the lyrics reveal the intimate subjectivity/existentiality of each patient. The self-reliance of the patient brings positive expectations about the present moment and also about the future. The Musictherapy, as a coadjuvant treatment, can be extended and indicated in others areas of actuation. Finally, Musictherapy seems to contemplate about themes related to life/death, health/disease, besides the relation of the patient with its disease and the sociability with people around
Palavras-chave: Velhice
Parkinsonismo
Tratamento coadjuvante
Oldness
Musictherapy
Parkinson Disease
Coadjuvant treatment
Doenca de Parkinson
Musicoterapia
Área(s) do CNPq: CNPQ::OUTROS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Gerontologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia
Citação: Lodovici Neto, Pedro. A musicoterapia como tratamento coadjuvante à Doença de Parkinson. 2006. 224 f. Dissertação (Mestrado em Gerontologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12476
Data de defesa: 19-May-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PedroLodoviciNeto.pdf1,54 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.