???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12497
Tipo do documento: Dissertação
Título: A capacidade de criação envelhece? Questões que nos fazem pensar se tudo tem tempo e hora para acabar...
Autor: Gonçalves, Maria Patrocinia
Primeiro orientador: Mercadante, Elisabeth Frohlich
Resumo: Trata-se de um trabalho interdisciplinar que possibilita não só a fecunda interlocução entre as áreas do envelhecimento e da arte, como também constitui uma estratégia para que elas não se restrinjam nem se cristalizem no interior de seus respectivos domínios. Ou seja, é uma tentativa de aproximação da arte e da velhice para um alargamento e uma conseqüente flexibilização do conhecimento de ambas as áreas, disponibilizando novos horizontes do saber, com foco na criação artística na velhice. Questões como a criatividade é uma qualidade do jovem , um artista, quando velho, só consegue se repetir , me levaram a observar a produção de artistas em especial Pablo Picasso e Henri Matisse que, aproximando-se do seu fim e do fim da sua obra, desenvolvem trabalhos anacrônicos, ou anômalos, em relação a tudo que fizeram antes. Nem tanto com um tom de serena recapitulação da vida e da obra, mas sim apresentando guinadas finais surpreendentes, criativas e quase sempre incompreendidas
Abstract: It is treated as an interdisciplinary work that makes possible not only the fertile dialogue among the areas of the aging and of the art, as well as it constitutes a strategy, so that they do not confine nor crystallize inside their respective domains. In others words, it is an attempt of approach of the art and of the old age for an enlargement and a consequent flexibility of the knowledge of both areas, making available new horizons, with focus in the artistic creation in the old age. Subjects as the creativity is a quality of the youth , an artist, when old, it only gets if he repeat himself , took me to observe the production of artists that in special Pablo Picasso and Heni Matisse approaching the end of their lifetime and the end of their work, they develop works anachronic, or anomalous, in relation to everything that they did before. Not so much with a tone of calm recapitulation of the life and of the work, but presenting surprising final deflections, creative and almost always misunderstood
Palavras-chave: Criatividade
Velhice
Envelhecimento
Criação artística
Arte
Creativity
Old age
Aging
Artistic creation
Art
Criacao (Literaria, artistica, etc.)
Criatividade
Envelhecimento
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL::SERVICO SOCIAL APLICADO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Gerontologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia
Citação: Gonçalves, Maria Patrocinia. A capacidade de criação envelhece? Questões que nos fazem pensar se tudo tem tempo e hora para acabar.... 2006. 100 f. Dissertação (Mestrado em Gerontologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12497
Data de defesa: 18-Oct-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GER - Maria Patrocinia Goncalves.pdf2,05 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.