???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12498
Tipo do documento: Dissertação
Título: O Mestre em gerontologia e a perspectiva da própria velhice
Autor: Calderoni, Sila Zugman
Primeiro orientador: Lopes, Ruth Gelehrter da Costa
Resumo: O contato com a velhice do outro mobiliza conteúdos pessoais naqueles que se encontram na meia-idade e trabalham com idosos, o que repercute sobre suas vidas. Esta pesquisa teve como objetivo verificar como os Mestres em Gerontologia pensam e sentem o próprio processo de envelhecimento e futura velhice à luz de seu percurso pessoal e profissional. Entrevistei Mestres, titulados pelo Programa de Estudos Pós Graduados em Gerontologia Social, da PUC-SP, que atuam profissionalmente na área da Gerontologia e se situam na faixa etária entre 40 e 60 anos. Numa abordagem qualitativa, utilizei entrevistas abertas, organizadas numa leitura matricial para posterior interpretação. O estudo revelou que o contato dos entrevistados com o processo de envelhecimento e a perspectiva da própria velhice constitui-se em fonte de tensão. Reconhecem em si sinais de envelhecimento, mas ainda não percebem, em sua plenitude, restrições em seus cotidianos, embora a metade dos entrevistados já refira a sensação de incômodo em face dessa consciência. O percurso pessoal e profissional, as crises e os sofrimentos vividos, permeiam as visões e sentimentos que os Mestres em Gerontologia, na meia-idade, têm em relação ao seu próprio processo de envelhecimento e futura velhice. Paradoxalmente, sem perceber, imaginam-se idosos, até longevos, mas sem as limitações da idade avançada. Os conhecimentos adquiridos pelos estudos agregados ao trabalho profissional contribuíram para acalmar angústias em relação ao próprio futuro e modificar práticas quotidianas, tendo a função de contribuir para melhorar o presente e a futura velhice
Abstract: The contact with someone s old age mobilizes personal contents in middle-aged professionals dealing with the elderly, which produces effects on these professionals´ own lives. This research aimed at examining in what ways Masters in Gerontology conceive and perceive their own ageing process and future old age in the light of their personal and professional experiences. Interviews were carried out with Masters from the Post-graduate Studies Program in Social Gerontology, at PUC-SP, in the 40-60 age group and working in the area of Gerontology. Through a qualitative approach, the interviews were open and organized in a matricial reading for subsequent interpretation. This study has shown that the interviewees contact with the ageing process and the perspective of their own old age is a source of tension. Although they can already notice signs of ageing in themselves, they have not yet fully realized any limitations in their daily lives, despite half of the professionals interviewed having referred to a feeling of discomfort as a result of the awareness that they will eventually move into the aged population group themselves. Personal and professional experiences, all sorts of crises and suffering which these Masters in Gerontology have been through play a major role in the views and feelings they have towards their own ageing process. Paradoxically, they imagine themselves growing old, but without the limitations that old age brings. The knowledge acquired by the professionals interviewed associated with professional work contributed not only to reduce anguish in relation to their own future but also to produce changes in their daily practices, consequently helping improve their present life and future old age
Palavras-chave: Envelhecimento
Futura velhice
Meia-idade
Mestres em Gerontologia
Perspectivas do próprio envelhecimento
Psicogerontologia
Aging process
Future old age
Middle age
Masters in Gerontology
Perspectives of one´s own ageing process
Psychogerontology
Envelhecimento
Meia-idade -- Aspectos psicologicos
Velhice
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL::SERVICO SOCIAL APLICADO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Gerontologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia
Citação: Calderoni, Sila Zugman. O Mestre em gerontologia e a perspectiva da própria velhice. 2006. 532 f. Dissertação (Mestrado em Gerontologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12498
Data de defesa: 9-Oct-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GER - SILA ZUGMAN CALDERONI.pdf4,43 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.