???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12573
Tipo do documento: Dissertação
Título: Envelhecimento compartilhado: participação de idosas no grupo de convivência da comunidade Nova Pantanal
Autor: Graciani, Juliana Santos 
Primeiro orientador: Silveira, Nadia Dumara Ruiz
Resumo: Este estudo teve como objetivo refletir sobre o processo de envelhecimento de pessoas idosas e a importância da participação no Grupo de Convivência de Mulheres do Projeto Ônibus Ludicidade- Baú Encantado, uma intervenção do Núcleo de Trabalhos Comunitários da PUC/SP, partindo do pressuposto que o envelhecimento é um processo que envolve as dimensões biopsicossocial. Na sociedade globalizada o envelhecimento pode favorecer a exclusão embora aponte, também, para a possibilidade da participação social e comunitária como uma estratégia de enfrentamento da situação de desigualdade. Utilizou-se, nesta pesquisa, a metodologia qualitativa e como procedimentos a técnica da observação participante e entrevistas. A pesquisa de campo foi realizada na Comunidade Nova Pantanal, com idosas participantes do Grupo de Convivência de Mulheres. A escolha dos sujeitos teve como critério o tempo de integração no Projeto e a aceitação para participar da pesquisa. A análise foi realizada destacando quatro grandes categorias a partir dos dados obtidos, considerando: relações pessoais, familiares, comunitárias e as relações com o envelhecimento. A discussão dos dados revelou que a família ocupa um espaço central na vida dos sujeitos, sendo que os maridos recebem destaque especial. A violência doméstica também se revela como parte da realidade estudada. A velhice aparece como uma fase natural do desenvolvimento humano, principalmente associada a doenças e incapacidades físicas. Reconhecem a situação de violação de direitos e a sua relação com a realidade da pobreza. A participação no Projeto é valorizada por ter promovido mudanças pessoais no que tange a confiança, auto-estima, auto-valorização e disponibilidade de renda para o sustento da família. Destaca-se, do ponto de vista social a participação nos processos de mudanças no bairro. O Grupo de Convivência de Mulheres representou um espaço social de superação do medo de aprender novas habilidades, a conquista da sociabilidade, da prática da solidariedade e da possibilidade de aquisição de uma nova profissão. Portanto, a partir da participação no Grupo de Convivência o idoso estabelece novas relações consigo, com seu processo de envelhecer, no grupo e na comunidade, criando um novo papel e função social
Abstract: This study is aimed to reflect on the aging process in the elderlies and the importance of participation in the Group of Women Living Project Bus Entertaiment-Bau Encantado, an intervention by the Community Works of PUC / SP Center, built on the assumption that the aging is a process involving the biopsychosocial dimensions. In the globalized society aging can foster exclusion but point also to the possibility of social and community participation as a strategy for coping with inequality. It has been used qualitative methodology and procedures in this research, as the method of participant observation and interviews. The fieldwork has been conducted in the New Community Pantanal, with elderly women participants from the Group of Women Living. The choice of participants has been based upon the time which they have integrated into the group and their self-acceptance of taking part in the Project study. The analysis has been conducted taking into consideration four major categories from the data gathered: personal relationships, family, community and their relationship with the aging process. The discussion of the data collected revealed that the family occupies a central space into their lives where special emphasis is given to the husbands. Domestic violence is also considered as part of reality. Old age appears as a natural stage of human development, mainly associated with diseases and physical disabilities. It s recognize the situation of rights violation and their relationship with the reality of poverty. The participation in the project is valued for promoting personal change in terms of self-confidence, self-esteem, self-recovery and availability of income to support their family. Highlights also the importance of social viewpoint where participation is needed in order to promote the necessary neighborhood changes. The Group of Women Living has been a social space to overcome the fear of learning new skills, the conquest of sociability, the practice of solidarity and the possibility of acquiring a new profession. Therefore, from taking part in the Living Group the elderly establishes new relationship with themselves, with their own aging process, among the group and the community, creating a new role and social function
Palavras-chave: Grupo de convivência
Group living
Social participation
Aging process
Convivencia
Envelhecimento
Idosos
Participacao social
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Gerontologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia
Citação: Graciani, Juliana Santos. Envelhecimento compartilhado: participação de idosas no grupo de convivência da comunidade Nova Pantanal. 2009. 186 f. Dissertação (Mestrado em Gerontologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12573
Data de defesa: 14-May-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Juliana Santos Graciani.pdf804,38 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.