REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Pós-Graduação em História
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/12649
Tipo: Dissertação
Título: Alfred Tennyson e o ideal orgânico de civilização
Título(s) alternativo(s): Alfred Tennyson and the civilization organic ideal
Autor(es): Silva, Vanessa da
Primeiro Orientador: Dias, Maria Odila Leite da Silva
Resumo: A presente pesquisa evidencia como o poeta Alfred Tennyson cultivou valores de civilidade, envoltos por uma moral conservadora, na formação da chamada cultura nacional da Inglaterra vitoriana. Para tanto, tornou-se necessário entendermos a maneira como Tennyson abordou a organicidade social, em oposição à denominada Era da mecanização . O poeta, que foi laureado pela realeza inglesa, é parte de um movimento, da Inglaterra do século XIX, que retoma a Idade Média para tentar forjar uma tradição nacional. Esse movimento, conhecido como renascimento medieval , contribuiu para a construção de valores, que resultaram na formação da sociedade atual. Somado a isso, Alfred Tennyson, que ficou conhecido como a voz da Inglaterra vitoriana, possui raríssimos estudos históricos sobre seus poemas, o que o torna um autor que ainda tem muito a ser estudado. Neste trabalho, analisamos os poemas The Coming of Arthur, Merlin and Vivien e Merlin and The Gleam, como principais documentos históricos. Abordamos principalmente o personagem Merlin. Algumas vezes focamos na análise do corpo do personagem, outras vezes na identificação que o poeta estabeleceu com o mago. Por meio dos posicionamentos e da voz de Merlin, observamos a sociedade orgânica defendida pelo poeta. Essa maneira (orgânica) de perceber a sociedade estava relacionada com a construção de uma cultura nacional. Cultura que, segundo Tennyson, deveria ser construída e consolidada por meio da educação da população. A maneira de educar, para o autor, dava-se por meio de seus poemas, que carregavam ideais de civilidade e moralidade
Abstract: The present research evidences how the poet Alfred Tennyson, developed the values of the courtesy, surrounded by a conservationist moral, in the constitution of the culture named national culture form the Victorian England. To achieve that, it became necessary for us to understand how Tennyson approached the social organic stage, opposite to the denominated Mechanical Age. The poet, who was laureate by the English royalty, is part of a movement, from England of the XIX century, which goes back to the Middle Ages to try to manipulate a national tradition. This movement, known as medieval revival, contributed to the values building, which resulted in the present society development. Added to this, Alfred Tennyson, was known as the voice of the Victorian England, who has really few historical studies of his poems, what makes him an author who still have a lot of things to be studied. In this essay, we have analyzed the poems The Coming of Arthur, Merlin and Vivien and Merlin and The Gleam, as the main historical documents. We have approached mainly the Merlin character. We have focused sometimes on the analyzing of the character body, and sometimes on the identification which the poet established with the wizard. Through Merlin´s positioning and voice , we have observed the organic society defended by the poet. This (organically) way of observing the society was related to the building of a national culture. This culture, according to Tennyson, should be built and consolidated by people education. The way of educating, to the author, happened through his poems, which carried morality and courtesy ideals
Palavras-chave: Orgânico
Corpo
Mecânico
Cultura nacional
Civilidade
Organic
Body
Mechanic
National culture
Courtesy
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: História
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Silva, Vanessa da. Alfred Tennyson and the civilization organic ideal. 2010. 121 f. Dissertação (Mestrado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12649
Data do documento: 19-Out-2010
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em História

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Vanessa da Silva.pdf636,36 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.