???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13528
Tipo do documento: Tese
Título: A estrutura e o funcionamento de gêneros de texto do processo civil: petição inicial, contestação e sentença
Autor: Silva, Emanuel Messias Cardoso da 
Primeiro orientador: Brait, Elisabeth
Resumo: Esta tese tem por objetivo fazer um estudo da estrutura e do funcionamento de peças do Processo Civil: Petição Inicial, Contestação e Sentença, em suas peculiaridades enquanto textos e linguagem de gêneros jurídicos. A investigação parte de uma situação problema apresentada pela questão: Como se pode descrever a estrutura e o funcionamento de textos do Processo Civil, em primeiro grau de jurisdição, constituído, dentre outros, pelos gêneros Petição Inicial, Contestação e Sentença. Com o intuito de respondê-la, buscou-se embasamento teórico no interacionismo sócio-discursivo, principalmente em Vygotsky (1930/1991 e 1934/1993), Bakhtin (1929/1995 e 1953/1992) e Bronckart (1997/1999), a partir do qual foi construído um modelo de análise para a descrição da estrutura e do funcionamento dos gêneros de texto considerados. Para o percurso de investigação, adotou-se um procedimento metodológico interpretativista e nessa análise foram contempladas as seguintes categorias: o contexto de produção, o conteúdo temático, o plano geral do texto, os tipos de discurso, as seqüências, a conexão, a coesão nominal, a coesão verbal, as vozes e as modalizações. Chegou-se à conclusão de que os gêneros de texto jurídicos, por serem institucionalizados, caracterizam-se quanto à organização estrutural e às peculiaridades lingüístico-discursivas, prototipicamente. Por isso, a sua característica está na maneira como se busca construir a interação por meio, principalmente, de recursos argumentativos, a fim de que o afiançamento social e jurídico seja conseguido, dando ou para a ação legal ou para a contestação o favorecimento da sentença
Abstract: This thesis has as goal make a study of the structure and the functioning of the pieces of the Civil Lawsuit: lnitial Petition, Contestation and Sentence in their peculiarities as texts and language of legal genders. The investigation starts from a situation-problem presented by the question: How can be described the structure and the functioning of texts of Civil Lawsuit, in first grade of jurisdiction constituted, among others, by the genders: Initial Petition, Contestation and Sentence? With the intention of answer it, we look for theorical foundation in the socialdiscoursive interactionism, mainly in Vygotsky (1930/1991 and 1934/1993), Bakhtin (1929/1995 and 1953/1992) and Bronckart (1997/1999) from which one was built a analysis model to a description of the structure and the func60ning of the genders of text considered. In the analysis, we adopted a methodological interpretativist behavior and in it we considered the following categories: the context of production, the theme content, the general plan of the text, the types of discourse, the sequences, the conection, the nominal cohesion, the verbal cohesion, the voices and the modalizations. The conclusion we arrived to was that the legal genders of text, because they are institucionalized, concernig to the structure organization and to the linguistic discoursives peculiarities, they are considered prototipicaly. That's why its caracteristic is in the way how we build a interaction by, mainly, of argumentative resources, to the social and legal acceptances be gotten, giving or to the legal action or to the contestation, the benefit of the sentence
Palavras-chave: Textos jurídicos
Petição
Contestação
Sentença
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Lingüística
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Silva, Emanuel Messias Cardoso da. A estrutura e o funcionamento de gêneros de texto do processo civil: petição inicial, contestação e sentença. 2002. 251 f. Tese (Doutorado em Lingüística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2002.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13528
Data de defesa: 30-Nov-2002
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Emanuel Messias Cardoso da Silva.pdf13,55 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.