???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13534
Tipo do documento: Dissertação
Título: A formação do agir crítico-reflexivo nas aulas de filosofia
Título(s) alternativo(s): The constitution of a critical-reflective act in philosophy classes
Autor: Santos, Teresa D Angelo
Primeiro orientador: Liberali, Fernanda Coelho
Resumo: O objetivo deste trabalho é compreender criticamente como a argumentação e as performances nas aulas de Filosofia podem criar bases para um agir crítico-reflexivo no mundo, a partir da produção de significados compartilhados. O estudo desenvolve-se no contexto da Linguística Aplicada e se insere na Teoria da Atividade Sócio-Histórico-Cultural (TASHC), discutida por Vygotsky e seu colaborador Leontiev ao apontarem a importância da linguagem como fonte constituinte da atividade social e da consciência. Da mesma forma, busca-se embasamento nas discussões sobre sentido e significado desenvolvidas por Vygotsky e, posteriormente, ampliadas com Cole, Newman e Holzman, entre outros autores e seguidores. Dada a relevância e a compreensão da importância do espaço para as aulas de Filosofia como referencial para formação de um agir críticoreflexivo, procura-se evidenciar a produção e ressignificação do conhecimento por meio do entrelace dos sentidos individuais e dos significados compartilhados de forma criativa, conforme os estudos de Liberali. Trata-se de uma pesquisa crítica de colaboração, na concepção de Magalhães, cujo foco é conhecer, observar, transformar para viabilizar possíveis intervenções na prática da aula de Filosofia, contribuindo com referenciais na produção argumentativa de alunos e professores, como também, criando oportunidades para um agir crítico e cidadão no mundo. O contexto escolar a ser analisado é um colégio particular, situado na Zona Oeste da cidade de São Paulo. Os dados foram produzidos e coletados por meio de gravações em áudio e vídeo das aulas, sendo selecionadas três aulas para a constituição do corpus de análise. As categorias de análise e interpretação foram organizadas a partir de Pontecorvo, Orsolini, Sanchez-Vasquez, Lobman e Lundquist. Os resultados ressaltam a importância da produção de referenciais para capacidades da linguagem argumentativa e do desenvolvimento do agir críticoreflexivo dos alunos em suas atividades acadêmicas e cotidianas, para, assim, contribuir na formação de uma práxis educativa que vislumbre uma educação voltada para a cidadania
Abstract: The aim of this research is to critically understand how the argumentation and the performances in the Philosophy classes can create basis to a critical-reflective act in the world, from the production of shared meanings. The study is developed in the context of Applied Linguistics and is inserted in the Social-Historical Cultural Activity (TASHC), discussed by Vygotsky and his collaborator Leontiev, when they showed the importance of language as a constitutive source of social activity and consciousness. The same way, theoretical basis is searched in the discussions on senses and meaning developed by Vygotsky, and afterwards, complemented by Cole, Newman and Holzman among other authors and followers. Based on the relevance and the comprehension of the space importance to Philosophy classes as a reference to the constitution of a critical-reflective act, there is an attempt to highlight the knowledge production and reframing through the interconnection of individual senses and the shared meanings in a creative way, according to Liberali s studies. It refers to a critical research on collaboration, in Magalhães conception, which focus is to know, observe, and transform to enable possible interventions in the Philosophy class practice, contributing with references in the students and teachers argumentative production, but also creating opportunities to a critical citizenship act in the world. The school context to be analyzed is of a private school located in the west part of the city of São Paulo. The data was produced and collected by audio and video recording of the classes, from which three lessons were selected to constitute the corpus of analysis. The interpretation and analysis categories were organized based on Pontecorvo, Orsolini, Sanchez-Vasquez, Lobman and Lundquist. The results reinforce the importance of the production of references to the abilities of argumentative language and the development of students critical-reflective act in their daily and academic activities, as to contribute to the creation of an educational practice that focus on an education towards citizenship
Palavras-chave: Filosofia
Argumentação
Performance
Agir crítico-reflexivo
Philosophy
Argumentation
Performance
Critical-reflective act
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Lingüística
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Santos, Teresa D Angelo. The constitution of a critical-reflective act in philosophy classes. 2011. 223 f. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13534
Data de defesa: 4-Oct-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Teresa D Angelo Santos.pdf13,61 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.