???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13560
Tipo do documento: Tese
Título: Estruturação temática na tradução de textos literários da língua japonesa para a língua portuguesa: um enfoque sistêmico-funcional
Autor: Ninomiya, Sonia Regina Longhi 
Primeiro orientador: Ikeda, Sumiko Nishitani
Resumo: A estrutura temática é a que imprime à oração o seu caráter de mensagem (HALLIDAY 1994). Essa estrutura é composta de Tema, o ponto de partida da mensagem que dá proeminência aos elementos que a compõem, estabelecendo a base de interpretação para o restante da oração, denominado de Rema. Essa questão tem merecido a atenção de alguns pesquisadores em trabalhos sobre a tradução, mostrando que escolhas linguísticas para realizar o Tema geram implicações comunicativas (e.g. MATHIESSEN 2001; LIROLA; SMITH 2006). Outros têm analisado a estruturação temática em traduções literárias e sugerido que as mudanças temáticas interferem na interpretação da mensagem e, muitas vezes, creditam essas mudanças ao estilo do tradutor (e.g. BAKER 1992; PAGANO 2005; FIGUEREDO 2006). Já em 1995, Ventola se referia às poucas pesquisas interessadas na estrutura temática e no padrão de progressão temática de um texto quando submetido ao processo tradutório. No Brasil, os trabalhos têm analisado a questão comparando a língua portuguesa com a língua inglesa ou espanhola e pelo que nos consta não há nenhum trabalho que contraste o português com a língua japonesa, como é o caso desta pesquisa. Buscando contribuir para o estudo dessa questão, esta pesquisa examina três contos da literatura japonesa moderna e suas traduções para o português, a fim de analisar como se dá a realização da estrutura temática, as diferenças daí advindas e a interferência dessas na interpretação da mensagem no texto traduzido. Para este estudo, utilizo o suporte teórico-metodológico dos pressupostos da Línguística Sistêmico-Funcional (HALLIDAY 1994), de sua extensão para a língua japonesa por Teruya (2007), dos estudos de Barbara e Gouveia (2004) na sua extensão para a língua portuguesa e das contribuições dos Estudos de Tradução. As análises mostram que as diferenças na estruturação nem sempre são motivadas pela tipologia linguística, mas devidas a escolhas do tradutor, já que existiam outras possibilidades de retextualização. Em função dessas diferenças, nova perspectiva se delineia para a interpretação da mensagem e para a apreensão de características literárias da obra
Abstract: Thematic structure gives a clause its character of message (HALLIDAY 1994). This structure is composed of Theme, the starting point of the message that lends prominence to the elements that compose it, thus establishing the base to interpret the remainder of the clause, named Rheme. This question has been the object of attention on the part of some researchers, and their papers show that linguistic choices made to realize Theme generate communicational implications (e.g. MATTHIESSEN 2001; LIROLA; SMITH 2006). Others have analyzed thematic structure in literary translation and suggested, thus displaying didactic concerns, that Theme changes in translation interfere in the interpretation of the message and often ascribe such changes to the translator‟s style (e.g. BAKER 1992; PAGANO 2005; FIGUEREDO 2006). In 1995, Ventola already had referred to the sparse amount of research studies focused on theme structure and on the pattern of Theme progression within a text that undergoes a translation process. In Brazil, researchers have analyzed this matter by comparing the Portuguese language to English or Spanish and, as far as we know, there is no researches contrasting Portuguese with the Japanese language, which is the case here. As it seeks to contribute to studies involving these questions, this thesis examines three short stories taken from modern Japanese literature and their translations into Portuguese with the aim of analyzing how thematic structure is realized, their different forms and how the latter interfere in the interpretation of the message within the translated text. This thesis is theoretical and methodologically supported by the premises of Systemic-Functional Linguistics (HALLIDAY 1994), to the Japanese language by Teruya (2007), on the studies by Barbara and Gouveia (2004) to the Portuguese language and on contributions by Translation Studies. The analyses show that differences occur not always due to the linguistic typology, but owing to choices made by the translator, given that there were other possibilities of retextualization. As a result, a new perspective for interpreting the message and apprehending the literary characteristics of the work is outlined
Palavras-chave: Tradução
Estrutura temática
Tema na língua japonesa
Tema na língua portuguesa
Linguística sistêmico-funcional
Translation
Thematic structure
Theme in language Japanese
Theme in language Portuguese
Systemic-functional linguistics
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Lingüística
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Ninomiya, Sonia Regina Longhi. Estruturação temática na tradução de textos literários da língua japonesa para a língua portuguesa: um enfoque sistêmico-funcional. 2012. 194 f. Tese (Doutorado em Lingüística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13560
Data de defesa: 15-May-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sonia Regina Longhi Ninomiya.pdf1,75 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.