???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13768
Tipo do documento: Tese
Título: Sobre o modo de relação do surdo com a língua portuguesa escrita
Autor: Bizio, Lucimar 
Primeiro orientador: Arantes, Lucia Maria Guimarães
Resumo: Este trabalho tece reflexões sobre o modo de relação do surdo com a língua portuguesa escrita. Discute-se como se tece a relação entre oralidade, língua de sinais e escrita. O objetivo é colocar em discussão a complexidade envolvida na questão da escrita do surdo, seja para aqueles que circulam na língua de sinais, para aqueles que são oralizados, assim como para o próprio professor de língua portuguesa para surdos. A trajetória deste trabalho passa pelo modo como é concebida a questão da aquisição de linguagem, tema central nos estudos sobre a surdez, inclusive no campo da pedagogia, pois se pressupõe que a escolarização possibilite a entrada do surdo no universo da escrita do Português. Discuto, também, o modo como o Bilinguismo para surdos concebe a relação do surdo com a língua de sinais e com a língua portuguesa. A problematização de tais questões levou a necessidade de interrogar o que é a língua materna para o surdo. Diante de uma concepção particular de escrita, que inclui uma teorização sobre o funcionamento da língua, encaminho uma discussão de textos escritos de alunos surdos, que visa ultrapassar a concepção de erro enquanto déficit, mas que possa revelar a marca da presença singular, única, de um sujeito na linguagem: considerando a articulação sujeito/língua/fala-escrita-gesto. A discussão aqui encaminhada foi realizada a partir do diálogo com uma Linguística, afetada pela Psicanálise lacaniana conforme proposto no Interacionismo Brasileiro, desenvolvido por Claudia Lemos (1992, 2002, 2006), além de outros pesquisadores filiados à sua proposta e, especialmente, pelos desdobramentos teóricos presentes nos trabalhos do Grupo de Pesquisa Aquisição, Patologias e Clínica de Linguagem, coordenados por Maria Francisca Lier-DeVitto e Lúcia Maria Guimarães Arantes
Abstract: This paper reflects on the relationship between the deaf to the Portuguese language written form. It discusses the relationship among speaking, sign language and writing. The objective is to discuss the complexity of the issue of the writing of deaf people, either to the ones that use sign language to communicate, to the ones who can speak or to the Portuguese teacher to the deaf. The trajectory of this paper involves the way the issue of language acquisition is designed, being it the main theme on the deafness studies including at the pedagogy field, because it is assumed that schooling allows the deaf to join the field of Portuguese writing. I also discuss how the bilingualism to deaf people deals with the relationship between the deaf and sign language and the deaf and Portuguese language. The questioning of such issues led to the need of investigating what mother language to deaf people is. Faced with a particular conception of writing, which includes a theory about the functioning of language, I attach a discussion of written texts by deaf students that aims to overcome the concept of error as a deficit, but that can show the singular, unique presence of a subject in language: taking into account the articulation subject/language/speaking-writing-gesture. The discussion held here was sent from the dialogue with a Linguistics affected by Lacanian psychoanalysis as proposed by the Brazilian Interactionism, developed by Cláudia Lemos (1992, 2002, 2006) and by other researchers affiliated to its proposal and specially by the theoretical developments put forward by the research group Language Acquisition, Pathologies and Clinic, headed by Maria Francisca Lier-DeVitto and Lúcia Maria Guimarães Arantes
Palavras-chave: Surdo
Escrita
Língua materna
Segunda língua
Bilinguismo
Deaf people
Writing
Mother tongue
Second language
Bilingualism
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Lingüística
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Bizio, Lucimar. Sobre o modo de relação do surdo com a língua portuguesa escrita. 2015. 95 f. Tese (Doutorado em Lingüística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13768
Data de defesa: 22-Sep-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lucimar Bizio.pdf1,48 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.