???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13780
Tipo do documento: Dissertação
Título: Configuração do trato vocal supraglótico na produção das vogais do português brasileiro: dados de imagens de ressonância magnética
Título(s) alternativo(s): Supraglottic vocal tract shaping in the production of brazilian portuguese vowels: data from magnetic resonance imaging
Autor: Gregio, Fabiana Nogueira 
Primeiro orientador: Madureira, Sandra
Resumo: Caracterizar a configuração do trato vocal supraglótico na produção das sete vogais orais e cinco nasais do português brasileiro do ponto de vista articulatório por meio de imagens de ressonância magnética (IRM). Métodos: Atuou como sujeito da pesquisa, um falante do gênero feminino nativo do português brasileiro, com histórico negativo para alterações de fala, linguagem e dos sistemas neurológico e auditivo e ausência de alterações dentárias e de articuladores. As imagens de ressonância magnética, coletadas durante a produção das vogais sustentadas pelo falante, foram analisadas para caracterização articulatória. Os resultados foram considerados em relação aos dados articulatórios e acústicos pesquisados na literatura. Resultados e discussão: As vogais nasais, ao contrário das orais, apresentaram três momentos distintos, caracterizados por mudanças no posicionamento dos articuladores durante sua emissão; enquanto que as vogais orais apresentaram apenas um momento/fase. As vogais orais, quando comparadas com as nasais, mantiveram características semelhantes, sendo classificadas articulatoriamente pelo posicionamento do dorso de língua (no sentido vertical e horizontal), pela abertura da cavidade oral, pelo arredondamento labial e pelo posicionamento do palato mole. As vogais que apresentaram maior modificação, quando comparadas entre suas correspondentes oral e nasal, foram [a]-[ã], [o]-[õ] e [u]-[uâ]. As vogais nasais revelaram um tempo maior que suas correspondentes orais obtendo um maior número de quadros capturados. Conclusão: Os dados obtidos por meio de IRM permitiram analisar os movimentos dos articuladores durante a produção das vogais contribuindo para: ampliação do conhecimento dos mecanismos de produção das vogais do português brasileiro; caracterização do inventário de vogais do português brasileiro; e reflexões na avaliação e reabilitação das alterações de fala
Abstract: To characterize the supraglottic vocal tract shaping in the production of the seven oral and five nasal vowels of brazilian portuguese from the articulatory point of view by means of magnetic resonance imaging (MRI). Methods: The subject of this study, one female native speaker of brazilian portuguese, had no previous alterations of speech, language or of neurological and auditory systems and with neither dental nor articulator alterations. The magnetic resonance images, collected during the production of the vowels sustained by the speaker, were analyzed for articulatory characterization. The results were considered according to articulatory and acoustic data researched in the related literature. Results and discussion: The nasal vowels, unlike the oral ones, presented three different moments, which are characterized by changes in the position of the articulators during their production; while the oral vowels presented only one moment/phase. The oral vowels, when compared to the nasal, maintained similar characteristics, being articulatorily classified by the position of their tongue-surface (both vertically and horizontally), by the opening of the oral cavity, by the rounding of the lips and by the position of the soft palate. The vowels that presented the greater differences, when compared to their oral and nasal counterparts, were [a]-[ã], [o]-[õ] and [u]-[uâ]. Production of nasal vowels took a longer time than their oral counterparts yielding a larger number of frames captured. Conclusion: Data obtained by means of MRI has allowed the analysis of the movements of the articulators during the production of the vowels contributing to: increasing the knowledge of brazilian portuguese vowels production mechanisms; characterizing the brazilian portuguese vowels inventory; providing insights to the evaluation and rehabilitation of speech disorders
Palavras-chave: Fala
Imagem por ressonância magnética
Fonética
Cavidade nasal
Fonoaudiologia
Speech
Magnetic Resonance Imaging
Phonetics
Nasal Cavity
Speech, Language and Hearing Sciences
Lingua portuguesa -- Fonetica
Lingua portuguesa -- Brasil
Fala
Imagem por ressonancia magnetica
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Lingüística
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Gregio, Fabiana Nogueira. Supraglottic vocal tract shaping in the production of brazilian portuguese vowels: data from magnetic resonance imaging. 2006. 103 f. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13780
Data de defesa: 5-May-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FABIANA NOGUEIRA GREGIO.pdf4,65 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.