???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13822
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo da correlação entre qualidade vocal e disfagia pós-Acidente Vascular Cerebral: aspectos acústicos, fisiológicos e perceptivos
Título(s) alternativo(s): Study of the correlation between voice quality and dysphagia after Cerebrovascular Accident: acoustic, physiologic and perceptive aspects
Autor: Andrade, Luciana Gomes Carrijo
Primeiro orientador: Madureira, Sandra
Resumo: Este estudo aborda a qualidade vocal relacionada à disfagia a partir da análise acústica, associada à avaliação fisiológica e perceptiva tendo como referencial teóricos, a teoria acústica da produção da fala (Fant, 1970) e o modelo fonético de descrição da qualidade vocal (Laver, 1980). Seu objetivo é compreender as mudanças na qualidade vocal em produções orais de três indivíduos adultos (duas mulheres, C1-62 anos e C2-80 anos e um homem, C3-46 anos) com disfagia pós Acidente Vascular Cerebral (AVC). Este estudo realiza a associação entre os processos de deglutição e produção de fala, agrupando suas características e analisando suas relações a partir de análise acústica e avaliação perceptiva da emissão de enunciados e da vogal [a] realizadas com e sem a implicação da deglutição das consistências pastoso e líquido durante a avaliação videoendoscópica da deglutição. Os resultados obtidos sugerem que os indivíduos com disfagia pós AVC realizam mobilizações no plano laríngeo (fonatório) e supralaríngeo (articulatório) como mecanismo de proteção das vias aéreas durante a fonação que guardam semelhança com a atividade fisiológica da fase faríngea da deglutição e da produção dos sons faríngeos. Do ponto de vista acústico, ressalta-se a validade da análise da freqüência fundamental, do traçado da forma da onda, da estrutura harmônica, padrão dos formantes e VOT como relevantes para o levantamento de hipóteses relacionadas à presença de resíduos do bolo alimentar / saliva na região glótica e/ou supraglótica, penetração laríngea e risco de aspiração, associadas com a percepção auditiva do que é referido usualmente na literatura como voz molhada. A contribuição deste estudo reside na possibilidade de implementação da avaliação vocal, incluindo dados da análise acústica, como instrumento não invasivo e como parte integrante e indispensável para o raciocínio clínico nas avaliações diagnósticas e reabilitações das disfagias orofaríngeas
Abstract: This study approaches voice quality related to dysphagia using acoustic analysis data associated with its physiological and perceptive correlates. It is based on the acoustic theory of speech production (Fant, 1970) and on the phonetic description of voice quality (Laver, 1980). The aim is to understand changes in voice quality in terms of its phonetic aspects in three adult individuals (two women, C-1 62 years old, C-2 80 years old, and a man, C-3 46 years old) who suffered from dysphagia after a Cerebrovascular accident (C.V.A). This study makes an association between swallowing processes and speech production characteristics and its proposal is to analyse their relationships based on data from acoustic and perceptive analysis of utterances and in the [a] vowel uttered with and without the implication of swallowing of liquid and thick puree consistency during the Fibroscopic endoscopic evaluation of swallowing (FEES). The results suggest that the individuals who suffered from dysphagia after a Cerebrovascular accident (C.V.A) make mobilizations in the larynx (phonatory) and supralarynx (articulatory) plan as a mechanism of protection of the airways during phonation similar to the physiological activity in the pharyngeal phase of swallowing and in the production of pharyngeal sounds. From the acoustic point of view, it is important to emphasize the fundamental frequency, the wave form, the narrow-band spectrogram, the formant patterns and VOT spectrum as relevant to make hypotheses related to the presence of residues of food or saliva in the glottal and/or supraglottal region, larynx penetration and the risk of aspiration, associated with auditory perception of wet voice. In this sense, the contribution of this study lies in the possibility of implementing voice evaluation, including data from acoustic analysis as a non-invasive instrument, as well as an integrated and indispensable part of the clinical reasoning in the diagnostic assessment and in the rehabilitation of oropharyngeal dysphagia
Palavras-chave: Voz
Disfonia
Disfagia
Acústica
Percepção auditiva
Acidente Vascular Cerebral
Voz
Disturbios da voz
Transtornos de degluticao
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Lingüística
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Andrade, Luciana Gomes Carrijo. Estudo da correlação entre qualidade vocal e disfagia pós-Acidente Vascular Cerebral: aspectos acústicos, fisiológicos e perceptivos. 2004. 193 f. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13822
Data de defesa: 1-Apr-2004
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LUCIANA GOMES CARRIJO ANDRADE.pdf6,31 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.