???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1389
Tipo do documento: Dissertação
Título: A dinâmica e a estrutura do conhecimento na inovação aberta: um estudo de caso em uma multinacional de open source
Título(s) alternativo(s): The dynamics and structure of knowledge in open innovation: a case study in an open source s multinational
Autor: Castro, Ana Elisa Martins Pacheco de 
Primeiro orientador: Joao, Belmiro do Nascimento
Resumo: Embora empresas concorram diretamente na mesma indústria, isto não significa que inovam da mesma forma. Com isto, a busca de parcerias tem sido identificada como uma prática comum entre as empresas tidas como eficazes e a internalização do P&D, antes estratégica, vem cedendo lugar a novas formas colaborativas abertas. Entender como as empresas gerenciam o conhecimento aberto para obter vantagens competitivas sustentáveis é a questão central desta pesquisa. Por ser um assunto pouco explorado no Brasil, há pouca clareza sobre os tipos de conhecimento compartilhados dentro das redes colaborativas abertas. Isto faz com que seja necessário aumentar os conhecimentos gerais sobre colaboração e conhecimento. Para aumentar este entendimento, esta pesquisa apresentará um estudo de caso único, realizado em uma empresa líder em seu setor de atuação, que fundamentou seu modelo de negócios sobre a inovação aberta. A pesquisa foi viabilizada pela adaptação do modelo inovador da organização a dois modelos conceituais: um de colaboração, que auxiliou na classificação dos agentes inovadores internos e elencou as características de cada um, e outro de conhecimento, que avaliou os tipos de conhecimento compartilhado entre os atores de inovação aberta com a finalidade de buscar relacionar o sucesso do modelo inovador da empresa à natureza do conhecimento compartilhado entre agentes inovadores internos. Os resultados indicaram que a dinâmica do conhecimento acontece por meio da troca hierarquizada de conhecimentos. As empresas que fazem uso da inovação aberta se inserem em momentos específicos da espiral do conhecimento da comunidade de prática e executam inovações, de um modo geral incrementais, dependentes do modelo estabelecido pelas comunidades de prática. Nota-se, portanto, a existência de implicações gerenciais para utilização da inovação aberta. Espera-se que os resultados deste estudo forneçam subsídios para avançar os estudos sobre a gestão do conhecimento em inovação aberta
Abstract: While companies compete directly in the same industry, this does not mean that innovate in the same way. With this the search for partnerships has been identified as a common practice among companies perceived as effective and internalization of R&D, strategic before, is giving way to new forms open collaborative. Understanding how companies manage the open knowledge for sustainable competitive advantage is the central question of this research. Because it is a subject little explored in Brazil, there is little clarity about the types of knowledge shared within the open collaborative networks. This makes it necessary to broaden knowledge about collaboration and knowledge. To increase this understanding, this research will present a single case study, conducted in a leading company in its industry, which funded its business model on open innovation. The research was made possible by the innovative adaptation of the organization's two conceptual models: a collaboration that helped in the classification of innovative internal staff and listed the characteristics of each one, and another of knowledge, which evaluated the types of knowledge shared between actors open innovation with the aim of seeking to relate the success of the company's innovative model of the nature of knowledge among innovative agents affairs. The results indicated that the dynamics of knowledge happens through the exchange of knowledge hierarchy. Companies that make use of open innovation are inserted at specific times of the spiral of knowledge of the community of practice and implement innovations, and generally incremental, depending on the model established by communities of practice. Note, therefore, the existence of managerial implications for the use of open innovation. It is expected that the results of this study provide knowledge to advance the studies on knowledge management in open innovation
Palavras-chave: Inovação aberta
Inovação colaborativa em rede
Conhecimento em rede aberta
Open innovation
Collaborative innovation network
Open knowledge network
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Administração
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Castro, Ana Elisa Martins Pacheco de. The dynamics and structure of knowledge in open innovation: a case study in an open source s multinational. 2010. 117 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1389
Data de defesa: 11-May-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Elisa Martins Pacheco de Castro.pdf656,15 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.