???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14024
Tipo do documento: Dissertação
Título: Inglês para viagens e turismo: repensando um plano de curso e materiais didáticos
Autor: Sprenger, Terezinha Maria 
Primeiro orientador: Celani, Maria Antonieta Alba
Resumo: Esta dissertação tem como objetivo avaliar o plano de curso e os materiais didáticos propostos para um programa de ensino de inglês. Considerando que tal programa se insere em um curriculo profissionalizante, voltado para o setor de viagens e turismo, realizei um estudo a respeito da abordagem instrumental de ensino de linguas, a fim de verificar a sua adequação nesse contexto. Constatada a potencialidade dessa abordagem, desenvolvi uma análise de necessidades em nível global (Tarone e Yule, 1989), a fim de dispor de dados para a mencionada avaliação do plano de curso e dos materiais didáticos. Percebi que essa etapa do planejamento, a análise de necessidades, é imprescindível, no sentido de desfazer mitos nos quais muitas vezes nos apoiamos, para idealizar um curso. Notei ainda que, além de indicar um possível caminho para o programa de ensino, tal análise tem a fimção de suscitar questões a serem investigadas no decorrer do curso. Mas, para que isso seja possivel, ao professor cabe o papel de investigador, além de mediador da aprendizagem. E o programa de ensino deve ser caracterizado pela flexibilidade. Dos diferentes modelos de planos de curso que examinei, aqueles baseados em taretàs (CandIín e Murphy, 1987, Nunan, 1988, Holmes, 1989, Skehan, 1995 e outros) foram os que apresentaram um potencial maior para atender às necessidades da situação foco e da situação de aprendizagem. Ao propiciar a negociação de significados (Widdowson, 1983), as tarefas contribuem para o desenvolvimento da capacidade de comunicação e, ao mesmo tempo, permitem que o professor atinja níveis mais altos de compreensão a respeito dos processos de aprendizagem e de comunicação. Finalmente, fui levada a perceber a importância dos profissionais estarem conscientesnão só a respeito da análise de necessidades, mas dos diferentes elementos envolvidos no planejamento de curso, de suas inter-relações e implicações. Essa conscientização permite que o trabalho seja desenvolvido com mais segurança e coerência, produzindo um plano de curso e materiais didáticos compatíveiscom as exigências e expectativas dos aprendizes
Abstract: This dissertation aims to evaluate the syllabus and materials designed for an English teaching programme. Since this programme is part of a vocationally oriented course of study, geared to the area of TraveI and Tourism, I looked at the English for Specific Purposes Approach, in order to examine its suitability to the context. Having found the wide scope of the approach, I developed a global needs analysis (Tarone & Yule, 1989), regarding traveI agencies, hotels and airlines, besides the leanring situation, in order to have data to rely on for the above mentioned syllabus and materiais evaluation. I found that this aspect of course planning, needs analysis, is indispensable, since it disproves certain myths we very often count on to design our courses. I also realized that, besides indicating a possible route for the programme, such an analysishas the function of raising questions to be investigated during the course. However, for this to be possible, the teacher mugi piar me role of a researcher and mediator in the learning process. And the programme, as a whole, has to be characterized by flexibility. Of ali the syllabuses I examined, the task-based ones presented the bighest potential to meet both target needs and learning needs. By allowing the negotiation of meaning (Widdowson, 1983), tasks contribute to the development of the communicative competence and, at the same time, make it possible for the teacher to attain bigher levels of comprehension and the communication and learning processes. Finally, I perceived how important it is for the professionals to be aware, not only of needs analysis, but algo of all the different elements involved in course planning, their interrelationships, and their implications. Such awareness leads to more confidence and coherencein the developmentof work, producing a syllabusand materiais more suited to the learners' wishes and needs
Palavras-chave: Lingua inglesa -- Estudo e ensino
Ensino instrumental de ingles
Ensino-aprendizagem de linguas
Programa de ingles
Turismo
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Lingüística
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Sprenger, Terezinha Maria. Inglês para viagens e turismo: repensando um plano de curso e materiais didáticos. 1997. 207 f. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1997.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14024
Data de defesa: 30-Nov-1997
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Terezinha Maria Sprenger.pdf21 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.