???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14075
Tipo do documento: Tese
Título: O intérprete de tribunal no Brasil: peritus peritorum?
Título(s) alternativo(s): The court interpreter in Brazil: peritus peritorum?
Autor: Novais Néto, Lourival 
Primeiro orientador: Zanotto, Mara Sophia
Resumo: A atividade de Interpretação de Tribunal no Brasil é comumente realizada por profissionais com habilidades bilíngües que são nomeados intérpretes ad hoc, quando não há tradutores juramentados disponíveis nas jurisdições. Apesar do aumento de pesquisas nos últimos vinte anos nesta área, os intérpretes convocados trabalham de forma individualizada e independente, ignorando os estudos voltados para sua atividade. A terminologia Interpretação de Tribunal é amplamente usada para se referir a qualquer tipo de interpretação legal, entretanto a sala de audiências é apenas um dos muitos contextos no qual a interpretação legal se estabelece. A presente pesquisa tem o objetivo de refletir sobre o complexo processo de interação face-a-face em um contexto natural de fala: a sala de audiências bilíngüe, na qual o intérprete tem a função de interpretar de uma língua para outra e na mesma língua, além da dificuldade de fazer esse processo em tempo real. Esta tese dialoga com a Lingüística Forense, que tem a finalidade de estudar as relações entre o direito e a linguagem que convergem em tópicos comuns, para indicar possíveis resoluções de problemas legais/jurídicos; e com a Sociolingüística Interacional. Neste sentido, estudos de Goffman (1967, 1975, 1979), Brown & Levinson (1987) e de Gumperz (1982) são destacados. Esta tese apresenta características de um dos métodos qualitativos contemplados pelas pesquisas etnográficas: a observação natural (Adler & Adler, 1998), e tem como foco de análise parte do corpus de Novais Néto (2002). O objetivo é de investigar o evento social que é vivido pelo intérprete, um interrogatório (perguntas e respostas), no qual o intérprete media a interação juiz, falante do português, e o acusado, falante do inglês, em uma audiência bilíngüe de um Tribunal de Justiça brasileiro.A ação do intérprete é determinada pelo Código de Processo Penal, Termo de Compromisso e Código Penal. Todas essas normas estão sob a responsabilidade do juiz de fazê-las cumprir. No entanto, não há como garantir o cumprimento desses ditames devido, sobretudo, à competência lingüística do juiz em língua estrangeira. Constata-se, portanto, que o intérprete assume um patamar semelhante ao do juiz na audiência bilíngüe, no que se refere ao poder conversacional, não legal: peritus peritorum, expressão clássica proveniente do campo forense atribuída ao juiz como perito dos peritos (Barros, 2008:32)
Abstract: The practice of court interpreting in Brazil has been commonly done by professionals with bilingual skills that are nominated interpreters ad hoc, whenever no sworn translators are available in the jurisdictions. Although much theoretical researches have increased in the field of court interpreting in the last twenty years, court interpreters still work as individuals and independents, ignoring the studies directed toward of their activity. Court interpreting terminology is widely used to mention any type of legal interpreting; however, the courtroom is only one of the many contexts in which the legal interpreting occurs. This research aims to reflect on the intricacy on face-to-face interaction process in a natural context of speech: the bilingual courtroom, in which the interpreter has the function to interpret from one language to other and also within the mother language, whose difficult process is performed in real time. This thesis dialogs with Forensic Linguistics, which has the purpose to study the relation between Law and Language that converge topics in common, in order to indicate possible resolutions of legal problems; and it also dialogs with the Interacional Sociolinguistics. Studies by Goffman (1967, 1975, 1979), Brown & Levinson (1987) and Gumperz (1982) are highlighted. This thesis presents characteristics of one of the qualitative methods based on ethnographic research: the natural observation (Adler & Adler, 1998), and the analysis is focus on the data extracted from Novais Néto (2002). In the context of the current reality of court interpreting in Brazil, this work explores mainly the features of interpreter s questions when mediating the interaction between a judge, speaker of Portuguese idiom, and a defendant, speaker of English idiom, in a testimony of a Brazilian Court of Justice. The action of the interpreter is mainly determined by the Criminal Proceeding Code, Term of Commitment, and Criminal Code. However, there is no guarantee the fulfillment of these rules, due to the judge s linguistic ability in foreign language. Therefore, the interpreter assumes a similar judge alignment in the hearing, regarding to conversational power, not legal: a peritus peritorum, a classic expression from the forensic field used specifically to the judge as expert of the connoisseurs (Barros, 2008:32)
Palavras-chave: Lingüística forense
Sociolingüística interacional
Intérprete de tribunal
Interrogatório
Forensic linguistics
Interactional sociolinguistics
Court interpreting
Hearing
Direito -- Linguagem
Direito -- Traducoes
Traducao e interpretacao
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Lingüística
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Novais Néto, Lourival. O intérprete de tribunal no Brasil: peritus peritorum?. 2009. 253 f. Tese (Doutorado em Lingüística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14075
Data de defesa: 16-Apr-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lourival Novais Neto.pdf1,46 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.