REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/14664
Tipo: Dissertação
Título: A poética do cotidiano em Renato Russo: a letra e a música como resistência e contestação
Autor(es): Ozório, Elisângela Maria
Primeiro Orientador: Segolin, Fernando
Resumo: Esta dissertação tem por base o resultado de reflexões obtidas durante a pesquisa realizada sobre a manifestação da poesia na canção brasileira. Dentre os diversos movimentos poéticos presentes no cancioneiro de nosso país, teve por centro o poeta-cantor Renato Russo. Tal seleção não se deu de maneira equivocada, mas a partir de leituras que demonstravam que a poesia é uma arte não presa ao papel, ou à escrita, e, sim a uma forma de linguagem, estabelecida no som e na imagem metafórica da palavra-matéria. Diante disso, escritores e teóricos, como Paul Zumthor, Octavio Paz, Paul Valéry e Décio Pignatari, integraram as leituras da dissertação, bem como nortearam toda a pesquisa. Nas obras de Paul Zumthor, o encontro da poesia oral indicou que o rock and roll é uma manifestação poética, que retoma a poesia vocalizada do homem primitivo. À vista disso, a dissertação iniciou com a tentativa de entender o gênero musical como uma linguagem poética e performática, que busca, acima de tudo, a resistência, a revolução e a libertação do ser humano dos conceitos morais e éticos da sociedade (pós)moderna. No Brasil, a poesia do rock torna-se mais expressiva ao receber composições poéticas que, unidas aos acordes abruptos do estilo musical, (re)criam e presentificam a realidade dos grandes centros urbanos, explorando os dois lados: a realidade concreta e, portanto, repetitiva, desestimulante, sem maiores atrativos, e a realidade possível, desafiante, baseada em ideais utópicos. Assim, esta dissertação procurou entender como o rock and roll se transformou numa manifestação poética, e como a obra russiana, estreitamente presa à música, trabalhou o signo verbal, a ponto de associar a palavra poética ao canto dissonante e decantado, que une a poesia vocalizada aos acordes desarmônicos e minimalistas do punk rock, vertente do rock and roll
Abstract: This dissertation is based on the result of reflexions obtained during the research about poetry manifestation on Brazilian music. Among the diverse poetic movements present in songbooks of our country, the one who is the main poet-singer is Renato Russo. Such selection did not happen in a misunderstanding way, but from readings, that demonstrated that the poetry is an art not prisoner to paper, or writing, but to language form, established in sound and metaphoric meaning of material-word. Therefore, writers and theorists, like Paul Zumthor, Octavio Paz, Paul Valéry and Décio Pignatari, integrated dissertation readings, and guided all the research as well. In Paul Zumthor‟s works, the meeting of oral poetry indicated that rock and roll is a poetic manifestation that recovers the vocalized poetry from primitive man. The view that, the dissertation started with the attempt to understand of the musical gender as a poetic and performative language, that rummages, above all, the resistence, the revolution and the liberation of human being from ethical and moral concepts of (post)modern society. In Brazil, the rock poetry becomes more expressive when it receives poetic lyrics that, linked to abrupt achords from musical style, they (re)create and present the reality of the big urban centers, exploring the two faces of: concrete reality and, hence, repetitive, discouraged, with no major attractions, and the possible reality, challenger, based on Utopian ideals. Thus, this dissertation tried to understand how rock and roll graded in poetic manifestation, and how russiana work, closely tied to music, worked verbal sign, joining poetic word to discordant and decanted melody, that units vocalized poetry with tunelesness and minimalist achords of punk rock, from rock and roll
Palavras-chave: Música e poesia
Renato Russo
Canção de resistência
Music and poetry
Rock and roll
Poetry song of resistence
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA COMPARADA
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Literatura
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Ozório, Elisângela Maria. A poética do cotidiano em Renato Russo: a letra e a música como resistência e contestação. 2011. 141 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14664
Data do documento: 12-Mai-2011
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Elisangela Maria Ozorio.pdf975,55 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.