???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14728
Tipo do documento: Dissertação
Título: A escrita negra de Solano Trindade: movimentos de resistência e modos de identidade da consciência poética
Título(s) alternativo(s): Writing black Solano Trindade: resistance movements and modes of consciousness poetic identity
Autor: Silva, Denivaldo Matos Moreira Almeida e 
Primeiro orientador: Palo, Maria José
Resumo: Esta dissertação apresenta as contribuições da obra poética de Solano Trindade para a literatura negra, bem como a importante presença da memória pessoal e coletiva do negro na ritmicidade do corpo de sua poesia. A leitura concentra-se no levantamento das características da arte popular (música, dança, ritmos folclóricos e culturais) e, sobretudo dos modos identificadores da palavra idealizada do negro em nossa terra brasileira, sob o estilo marxista e estético único do poeta. Procura, também, verificar a relação entre a arte poética de Solano Trindade e o cotidiano cultural afro-brasileiro, tendo como pano de fundo o mito e o significado. O objetivo central é descrever como se processa a busca de identidade afro-brasileira e dos modos manifestos nos movimentos de resistência na composição da poesia de Solano Trindade, no entrecruzamento da literatura negra com o mito africano. A hipótese da pesquisa atesta que o mito é fundamento de reconstrução da identidade negra mediada pela representação, uma vez liberta das leis da ontologia metafísica. Como resultado, evidencia-se a dessubjetivação do eu poético inaugurada pela consciência de mundo incorporada à ideia do pensamento estético na voz negra da poesia trindadiana
Abstract: This dissertation presents the contributions of poetry Solano Trindade for black literature, as well as the important presence of personal and collective memory of the black rhythm in the body of his poetry. Reading focuses on surveying the characteristics of folk art (music, dance, folk rhythms and cultural), and especially the ways identifiers word in our idealized black Brazilian land, under the Marxist style and unique aesthetic of the poet. It also seeks to investigate the relationship between the poetics of everyday Solano Trindade and african- Brazilian culture, with the backdrop of the myth and meaning. The main objective is to describe how is the search for identity african-Brazilian and identifying ways manifest in resistance movements in the composition of poetry Solano Trindade, the crossing of black literature with African myth. The hypothesis of the research confirms that the myth is the foundation for the reconstruction of black identity mediated representation, once freed from the laws of metaphysical ontology. As a result, it is evident the desubjectivation inaugurated by the poetic self awareness of the world incorporated into the idea of aesthetic in black voice of the poet Solano Trindade
Palavras-chave: Solano Trindade
Literatura negra
Mito
Resistência
Identidade e memória
Black literature
Myth
Resistance
Identity and memory
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::TEORIA LITERARIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Literatura
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Silva, Denivaldo Matos Moreira Almeida e. A escrita negra de Solano Trindade: movimentos de resistência e modos de identidade da consciência poética. 2013. 135 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14728
Data de defesa: 23-Oct-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Denivaldo Matos Moreira Almeida e Silva.pdf724,21 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.