REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/14873
Tipo: Dissertação
Título: A personagem Miguel e o contraste matutice X civilidade em O Coronel Sangrado de Inglês de Sousa
Autor(es): Dotto, Lucimeire Ferrari
Primeiro Orientador: Oliveira, Maria Rosa Duarte de
Resumo: A dissertação tem por objeto de estudo a construção da personagem Miguel Faria considerada como uma das personagens-chave do romance O Coronel Sangrado (1877) do escritor paraense Inglês de Sousa, estudada à luz do contraste estabelecido entre a matutice e a civilidade, tendo como cenário a região amazônica. A análise demonstrou, num primeiro momento, por meio da relação da personagem com o contexto da cidade (Belém/Óbidos) e do campo (Paranameri), que Miguel vestiu uma máscara social de civilizado, embora mantivesse, ainda, a sua natureza selvagem de matuto, para sobreviver numa sociedade pautada pela dualidade entre o ser e o parecer. Numa segunda etapa, porém, o estudo sobre o modo como o discurso do narrador inscreve o da personagem, sob a ótica da concepção bakhtiniana de romance como discurso citado, revelou uma personagem que, apesar de construída com certo grau de dialogia, graças à parceria com o ponto de vista narrativo por meio do discurso indireto livre, acaba sendo conduzida pela voz narrativa, atuando ambas como formas de refração da ideologia autoral marcada pelo viés regional realista. O resultado é um romance estruturado sobre duas personagens, Miguel Faria e aquela que dá título ao romance: o coronel Sangrado, materializando o posicionamento crítico-ideológico de Inglês de Sousa sobre uma região como a amazônica dominada, por um lado, pelo poder do coronelismo e; por outro, pela imagem idílica e exótica de sua natureza selvagem
Abstract: The dissertation has as object of study the building of one of the key characters in the novel O Coronel Sangrado (1877) by the paraense writer Inglês de Sousa. It deals about Miguel Faria, a character who occupies a central place in this narrative, seen under a clear contrast established between matutice and civility, having as scenario the Amazon region. The analysis demonstrated, at first, through the relationship between the character and the city context (Belém; Óbidos) and the countryside (Paranameri), that she wore a social civilized mask, although she still kept her wild, rough nature, in order to survive in a society ruled by the duality between truth and disguise. Later, however, the analysis focused on the way the narrator s speech inscribes that of the character, under the Bakhtinian conception of novel as a quoted speech, revealed a character who, despite being built with a certain degree of dialogy thanks to the partnership with the narrative point of view through free indirect speech, ends up being conducted by the narrative voice, both acting as a refraction of authorial intention marked by the regional realistic obliquity. The result is a novel structured around two characters Miguel Faria and the one who gives title to the novel: the colonel Sangrado materializing the critical ideological standpoint of Inglês de Sousa about a region such as the Amazon dominated, on the one hand, by the power of colonelism and, on the other hand, by the idilic and exotic image of its wild nature
Palavras-chave: Personagem Miguel Faria
Civilidade
Matutice
Character
Civility
Sousa, Ingles de -- 1853-1918 -- O coronel sangrado : cenas da vida do Amazonas -- Critica e interpretacao
Personagens literarios
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA COMPARADA
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Literatura
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Dotto, Lucimeire Ferrari. A personagem Miguel e o contraste matutice X civilidade em O Coronel Sangrado de Inglês de Sousa. 2008. 94 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14873
Data do documento: 8-Out-2008
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Lucimeire Ferrari Dotto.pdf554,3 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.