???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14884
Tipo do documento: Dissertação
Título: Percursos de legitimação: caminhos da crítica em "O Alienista"
Título(s) alternativo(s): Legitimation course: the literary criticism in "O Alienista"
Autor: Silva, Ana Ferreira 
Primeiro orientador: Bastazin, Vera Lúcia
Resumo: O trabalho tem por objetivo o estudo da fortuna crítica de O Alienista, no período de 1882 a 1982. Com vistas às transformações discursivas da crítica machadiana, pretendemos realizar um levantamento bibliográfico e refletir sobre os diferentes métodos interpretativos que marcaram as vertentes da crítica literária, no período proposto. O texto machadiano, publicado em 1881, no jornal A Estação , provocou reações da crítica vigente, diante das mudanças singulares operadas por Machado na forma de narrar. Ademais, essa data assinalou o marco de maturidade e o domínio dos recursos de criação literária do autor, o que prenunciava uma nova fase de sua produção. Todavia, as novas técnicas narrativas apresentadas à literatura brasileira impunham-se como códigos inusitados de formalização literária e levariam a crítica à reflexão sobre os limites da expressão e da análise. Nesse contexto, assistimos às primeiras tentativas de consciência literária a partir do próprio Machado de Assis, que nos deixou alguns ensaios de notável lucidez, como é o caso de Notícia da atual literatura brasileira , de 1873, e Eça de Queirós: o Primo Basílio , de 1878. O primeiro texto prediria o estilo que configuraria a produção da segunda fase do escritor, em que própria obra ficcional materializa-se como modelo de ruptura com a nossa formação cultural, guiada pelo modelo europeu, cujos temas e técnicas eram vinculados ao sentido histórico de identificação da nacionalidade. No segundo texto, o autor circunscreve a feitura da obra do escritor lusitano, para analisar, entre outros aspectos, narrador, personagens e verossimilhança. Tanto em um quanto em outro caso, Machado revelou-se precursor de uma nova consciência sobre a literatura
Abstract: This work aims at studying the critical fortune of O Alienista, related to the period from 1882 to 1982. Considering the discursive transformations of Machado de Assis criticism, we intend to do a bibliographical research and to reflect about the different interpretative methods which marked the literary criticism approaches in the period studied. Published in 1881 in the newspaper A Estação , this Machado de Assis work caused reactions from the critics, concerning singular changes introduced by him in the narrative form. Furthermore, the aforementioned date marked the maturity point and the domain of the author literary creation resources, which predicted a new phase in his work. However, the new narrative techniques presented to Brazilian literature imposed themselves as unusual codes of literary formalization and would make the critics reflect on the limits of expression and analysis. In this context, it was seen the first attempts of literary consciousness since Machado de Assis, who left us some noticeable lucidity essays, such as Notícia da atual literatura brasileira , published in 1873, and Eça de Queirós: o Primo Basílio , published in 1878. The first text would predict the style that would portray the production of the author s second phase, in which the fictional work characterizes itself as a rupture model with our cultural formation, guided by the European model, whose themes and techniques were related to the historical sense of nationality identification. In the second text, the author describes the production of the work of the Lusitan writer, to analyze, among other aspects, narrator, characters and verisimilitude. In both cases, Machado de Assis was the precursor of a new literature consciousness
Palavras-chave: Crítica literária
Transformação da crítica
Literary criticism
Transformation of the criticism
Assis, Machado de -- 1839-1908 -- O alienista -- Critica e interpretacao
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA COMPARADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Literatura
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Silva, Ana Ferreira. Legitimation course: the literary criticism in "O Alienista". 2009. 115 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14884
Data de defesa: 19-Feb-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Ferreira Silva.pdf630,98 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.