???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14966
Tipo do documento: Dissertação
Título: Um olhar junguiano sobre as relações de amizade masculinas na atualidade
Autor: Souza, Carolina Luz de 
Primeiro orientador: Faria, Durval Luiz de
Resumo: O objetivo deste trabalho foi o de compreender o lugar que a amizade masculina ocupa na vida de jovens adultos brasileiros. Para tanto, foram realizadas entrevistas semi estruturadas com cinco indivíduos entre 20 e 30 anos, heterossexuais, formados ou cursando o ensino superior, pertencentes à camada média paulistana. A análise das entrevistas foi qualitativa, baseada na Psicologia Analítica. Por meio das entrevistas, percebemos que a amizade é um relacionamento importante e valorizado por esses homens. A amizade, segundo os participantes, oferece ajuda e proteção, companhia, experiências emocionais positivas (como aceitação, intimidade e proximidade) e experiências auto afirmadoras (como lealdade, segurança e validação mútua). É uma relação simétrica muito parecida com o vínculo fraterno, mas que pressupõe uma voluntariedade que não é encontrada neste último. Por ser uma vivência arquetípica, é experienciada de uma forma ou de outra ao longo da vida de todos os indivíduos. A amizade é descrita pelos homens entrevistados como um relacionamento que privilegia um encontro verdadeiro, para além de visões de mundo e comportamentos estereotipados, que promove um ambiente de cooperação e acolhimento propício para que a interação ultrapasse o nível da persona e compreenda a totalidade do indivíduo. Vemos um movimento claro por parte de todos os participantes em busca do outro, seja esse outro exterior (o amigo) ou interior. Um contato maior com o mundo das emoções, por tanto tempo banido da vivência consciente da masculinidade, é possibilitado por essas relações. A amizade, pelos motivos expostos, parece estar a serviço da individuação
Abstract: The main goal of this paper was to understand the place of male friendship in Brazilian young men s lives. To do so, interviews were held with five participants between 20 and 30 years old, heterosexuals, graduated or graduating from college, from São Paulo s middle class. The analysis of the interviews was qualitative, based on Analytical Psychology theory. Trough the interviews, we realized that friendship is an important relation to these men. Friendship, according to the participants, offers help and protection, company, positive emotional experiences (such as acceptance, intimacy and proximity) and selfaffirmative experiences (such as loyalty, security and mutual validation). It s a symmetric relationship that has a lot in common with the fraternal bond but, different from the late, it s voluntary. It is experienced in some way throughout every person s life since it s an archetypical experience. The interviewed men describe friendship as a relationship that provides a real encounter beyond stereotyped life views and behaviors and promotes an environment of cooperation that allows the friends to go beyond the persona and reach for their totality. We understand that the participants are searching for the other, external (friend) or internal. A greater contact with the field of emotions, that was for such a long time banned from the conscious experience of masculinity, is possible because of theses relations. It seems that friendship, due to all the reasons exposed, is a way to individuation
Palavras-chave: Amizade masculina
Homem
Psicologia analítica
Male friendship
Men
Analytical psychology
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Souza, Carolina Luz de. Um olhar junguiano sobre as relações de amizade masculinas na atualidade. 2010. 138 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14966
Data de defesa: 19-Nov-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carolina Luz de Souza.pdf1,07 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.