???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15066
Tipo do documento: Dissertação
Título: Vida de babá: reflexões acerca das vivências profissionais à luz da psicologia analítica
Título(s) alternativo(s): Life of nanny: reflections about the professional experiences in focus of analytical psychology
Autor: Baltazar, Talita Rocha 
Primeiro orientador: Araújo, Ceres Alves de
Resumo: Esta pesquisa caracteriza-se pelo enfoque metodológico qualitativo e tem como objetivo conhecer as particularidades do cotidiano de trabalho das babás, no intuito de elaborar uma reflexão acerca dessas vivências à luz da psicologia analítica, considerando aspectos históricos e sociais. O trabalho é uma experiência humana que evidencia a intersecção entre a sua natureza coletiva e individual, que é dinamizada ao longo do processo de individuação. A partir do conceito de trabalho, e da ancestralidade da profissão no Brasil, que denota o seu complexo cultural, construímos uma reflexão abordando o cotidiano de trabalho das babás na atualidade e algumas considerações sobre sua persona profissional. Observamos que a centralidade do trabalho é uma característica da profissão, que influencia a vida das trabalhadoras no modo como investem energia e dedicação no âmbito pessoal e familiar. Isso acontece, principalmente, entre as trabalhadoras que moram na residência de trabalho, o que torna a fronteira entre os âmbitos público e privado quase inexistente, podendo favorecer a rigidez da persona profissional. O papel profissional da babá está relacionado a funções parentais como cuidar, educar, dar carinho, atenção e amor, por meio de uma relação substitutiva fraternal, que a torna coadjuvante da vida familiar. Nesse sentido, ela coordena elementos arquetípicos maternos e paternos, de eros e poder, em suas atribuições cotidianas. A coordenação desses elementos decorre da bagagem psicológica da profissional e expressa o seu repertório pessoal sobre as relações simétricas e assimétricas. Essa dinâmica é manifestada no relacionamento entre a trabalhadora, a criança e os pais, configurando uma triangulação, na qual a babá precisa transitar e, quanto mais bem ela o fizer, mais integrada será a vivência de sua persona profissional. Assim, torna-se relevante a criação de um espaço especializado, grupal e/ou individual, no qual experiências cotidianas possam ser compartilhadas, a fim de ampliar a consciência das trabalhadoras acerca do seu papel profissional e, também, de propiciar o desenvolvimento da linguagem simbólica, o que pode favorecer o processo de individuação
Abstract: This research is characterized by the qualitative methodological approach and the objective is to develop a reflection about the particularities of the daily work experiences of nannies, in focus of analytical psychology, considering historical and social aspects. The work is a human experience that highlights the intersection of collective and individual nature, which is encouraged throughout the individuation. From the concept of work and the ancestry of the profession in Brazil, which denotes its cultural complex, we construct a reflection approaching the daily work of nannies today and some considerations about their professional persona. We note that the centrality of work is a characteristic of the profession, influencing the lives of workers in how they invest energy and dedication in the personal and family context. This occurs mainly among workers who live in the residence of work, which makes the boundary between public and private spheres almost nonexistent, which may favor the rigidity of the professional persona. The professional role of the nanny is related to parental functions such as care, educate, give affection, attention and love, through a substitutive fraternal relationship, which makes her supporting of familiar life. In this sense, she coordinates archetypal elements of maternal and paternal, of eros and power, in their daily assignments. The coordination of these elements stems from the psychological baggage of professional and express your personal directory about the symmetric and asymmetric relations. This dynamic is manifested in the relationship between the worker, child and parents, setting up a triangulation, in which the nanny must pass, and the more good it does, more integrate will be the experience of his professional persona. Thus, it becomes relevant to the creation of a specialized space, group and/or individual, in which daily experiences can be shared in order to increase consciousness of workers about their professional role, and also to propitiate the development of symbolic language, which can facilitate the individuation
Palavras-chave: Babá
Psicologia analítica
Trabalho
Persona
Complexos culturais
Relações simétricas
Relações assimétricas
Individuação
Nanny
Analytical psychology
Work
Persona
Cultural complexes
Symmetrical relations
Asymmetrical relations
Individuation
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Baltazar, Talita Rocha. Life of nanny: reflections about the professional experiences in focus of analytical psychology. 2011. 181 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15066
Data de defesa: 21-Oct-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Talita Rocha Baltazar.pdf952,41 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.