Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15084
Tipo do documento: Dissertação
Título: Compulsão alimentar na adolescência: uma abordagem junguiana - um estudo sobre a dinâmica psíquica através do método de Rorschach
Autor: Bárbara, Raquel de Queiroz
Primeiro orientador: Faria, Durval Luiz de
Resumo: A obesidade e as dificuldades envolvendo a alimentação podem ser consideradas, na sociedade atual, como uma pandemia. Há um subgrupo de indivíduos que possuem padrões inadequados de alimentação e que, portanto, sofrem de transtornos alimentares. Dentro dessa categoria, existem aqueles que sofrem de Transtorno de Compulsão Alimentar Periódica. Muitas vezes o inicio dos sintomas aparece ou na infância ou na adolescência. Essa pesquisa dedica-se à investigação da dinâmica psíquica dos adolescentes que apresentam sinfonias de compulsão alimentar através do método de Rorschach. Foram selecionados, a partir do Questionário sobre Alimentação e Peso Revisado, sete participantes que consideravam ter sensação de perda de controle sobre o que se come e episódios de compulsão alimentar. Esses adolescentes foram submetidos a uma entrevista e ao teste de Rorschach. A análise do material obtido a partir desses instrumentos possibilitaram o reconhecimento de um padrão de comportamento. Esses jovens enfrentam dificuldades no contato com o mundo interno e na modulação dos seus afetos. Além disso, possuem problemas no contato social. A análise qualitativa das respostas fornecidas pelos participantes às pranchas de Rorschach nos conduziram a uma maior compreensão do funcionamento psíquico envolvido no aparecimento desses sintomas. Um ambiente familiar falho, que não contribui para a formação de um mundo interno rico, um complexo materno e/ou paterno negativos, são determinantes para que eles não consigam as condições psíquicas necessárias para enfrentar um período de mudanças intensas como as que marcam a fase da adolescência. Com isso, ocorrem dificuldades na formação de uma persona adequada para se relacionar com o mundo externo e de um ego mais integrado. Esses adolescentes vivem um vazio: não conseguem voltar atrás no desenvolvimento e ficar em um ambiente mais protegido, dentro da família, mas também encontram uma série de obstáculos difíceis de transpor para que evoluam. Nesse contexto, as crises compulsivas fazem parte do equilíbrio que alcançam: encontram na comida o único conforto e alivio pelos fracassos, pelas coisas que não conseguem expressar e com as quais se sentem incapazes de lidar
Abstract: Obesity and eating difficulties can be considered, in current times, as a pandemic. There's a subgroup of individuals who have inadequate eating patterns and therefore, suffer from eating disorders. In this category, there are those who suffer from Binge Eating Disorder. The first symptoms usually appear during childhood o adolescence. This research investigates the psychic dynamics of teenagers who have Binge Eating symptoms by using the Rorschach Method. Seven participants who felt loss of control eating and had episodes of Binge Eating were selected based on the Questionnaire on Eating and Weight Patterns - Revised. These teenagers were interviewed and submitted to the Rorschach test. The analysis of the material collected based on these implements made it clear that there was a behavioral pattern. These adolescents have difficulties to confront their inner self and to deal with affection. Moreover, they have problems in socializing. The qualitative analysis of the answers given by the participants when exposed to the Rorschach figures have granted us a greater comprehension of the psychic dynamics involved when these symptoms are shown. A balking family environment - which fails to contribute to the building of a rich inner self -, and a negative maternal and/or paternal complexes are determinant to this condition. These adolescents are unable to acquire the necessary psychic conditions to face an intense period of change, such as the one which defines the turbulent teenage years. Thus, they strive to build an adequate persona capable of relating to the external world and the construction of a more integrated ego. These teenagers go through an empty period: they are incapable of going back on their development and remain in a safer environment, inside the Family scenery but also face a series of obstacles which are hari to overcome so that they car evolve. In this context, compulsive crisis is part of the equilibrium they manage to reach. By eating, they find the only confort and relief for their failures, for what the~ are unable to express and feel impotent to deal
Palavras-chave: Adolescência
Compulsão alimentar
Método de Rorschach
Psicologia analítica
Adolescence
Binge eating
Rorschach method
Junguian psychology
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Bárbara, Raquel de Queiroz. Compulsão alimentar na adolescência: uma abordagem junguiana - um estudo sobre a dinâmica psíquica através do método de Rorschach. 2011. 203 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15084
Data de defesa: 13-Mai-2011
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Raquel de Queiroz Barbara.pdf27,27 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.