???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15163
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorCunha, Maria Stella Rodrigues da-
dc.contributor.advisor1Neder, Mathilde-
dc.date.accessioned2016-04-28T20:38:19Z-
dc.date.available2012-09-12-
dc.date.issued1982-11-30-
dc.identifier.citationCunha, Maria Stella Rodrigues da. A função delimitadora da pele no processo de individualização : estudo de um caso de dermatite atópica.. 1982. 277 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1982.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/15163-
dc.description.resumoEste estudo pretende mostrar a importância da pele na delimitação e na integração do "self" durante o processo de individualização, baseando-se nos estudos psicanalíticos sobre o contato inicial mãe-bebe. Procura examinar a participação da pele na formação do psiquismo e as suas vicussitudes no desenvolvimento precoce da criança (do nascimento aos 2 anos de idade), buscando compreender a natureza da expressão psicossomática de certas formas de manifestação cutânea e sua relação com 0 processo de individualização. Defende a ideia de que as perturbações dermatológicas-estão ligadas a uma dificuldade na supuração do vínculo simbiótico ou, em outras palavras, que o sintoma cutâneo significa uma falha no processo normal de separação do ego da criança em sua fusão inicial com o ego materno e que se expressa por um investimento libidinal patológico na pele como órgão de delimitação das fronteiras corporais. B analisado um caso de dermatite atípica, onde a relação mãe-bebe foi observada durante, aproximadamente 2 anos, da qual são retirados elementos para a confrontação com os da dos de pesquisas realizadas por outros autores com pacientes portadores dessa enfermidade, levando ã discussão do quadro teórico referencialpor
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-04-28T20:38:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Maria Stella Rodrigues Cunha.pdf: 2537916 bytes, checksum: d9c909ac0824e338f1c6b25b03306a31 (MD5) Previous issue date: 1982-11-30eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/31581/Maria%20Stella%20Rodrigues%20Cunha.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentPsicologiapor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínicapor
dc.rightsAcesso Restritopor
dc.subjectDermatologicaspor
dc.subjectEczemapor
dc.subjectEgopor
dc.subjectFronteiras corporaispor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIApor
dc.titleA função delimitadora da pele no processo de individualização : estudo de um caso de dermatite atópica.por
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Stella Rodrigues Cunha.pdf2,48 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.