???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15217
Tipo do documento: Dissertação
Título: A paixão de Vincent: um estudo sobre o sofrimento de Vincent van Gogh
Título(s) alternativo(s): The passion of Vincent: a study on Vincent van Gogh s suffering
Autor: Alexmovitz, Guilherme Aparecido Costa
Primeiro orientador: Ancona-Lopez, Marília
Resumo: Devido à genialidade e à trágica história do pintor holandês Vincent van Gogh, psiquiatras, psicólogos e estudiosos do mundo todo produziram estudos para explicar o sofrimento que culminou em seu suicídio. O presente trabalho objetiva aproximar-se deste sofrimento por meio da abordagem da Fenomenologia Existencial, visando compreender o sofrer do pintor a partir de sua própria experiência de vida. Um total de cento e cinquenta e seis cartas enviadas por ele ao seu irmão, Théo, no período de 1872 a 1880, foi analisado tendo como referência o conceito de tonalidade afetiva, de Martin Heidegger, que permitiu compreender o sofrimento enquanto um modo de estar-no-mundo. A partir deste referencial teórico, foi possível eleger três tonalidades afetivas que se fizeram presentes em vários momentos deste período específico de sua vida: o peso do outro, a nostalgia e o fanatismo. O resultado da análise aponta para o sentido existencial deste modo sofrido de estar no mundo de Vincent van Gogh: a busca pelo pertencimento
Abstract: Due to the geniality and tragic history of the Dutch painter Vincent van Gogh, psychiatrists, psychologists, and scholars from around the world have written several works in order to explain the suffering that culminated in his suicide. The present work aims to approach that suffering through the existential-phenomenology approach, which allows one to understand the suffering of the painter from his own life experience. A total of one hundred and fifty-six letters sent to his brother Théo, from 1872 to 1880, was analyzed and understood through Martin Heidegger s concept of attunement, which allowed the understanding of suffering as a way of being in the world. From this theoretical framework, I elected three possible forms of the artist s suffering different attunements that were present in several moments of this particular period of his life: the weight of the other, nostalgia, and fanaticism. The result of the analysis pointed to the existential meaning behind the painful Van Gogh s way of being in the world: the search for belonging
Palavras-chave: Sofrimento
Vincent van Gogh
Fenomenologia existencial
Tonalidade afetiva
Heidegger
Suffering
Existential phenomenology
Attunement
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Alexmovitz, Guilherme Aparecido Costa. The passion of Vincent: a study on Vincent van Gogh s suffering. 2012. 89 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15217
Data de defesa: 23-Oct-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Guilherme Aparecido Costa Alexmovitz.pdf662,64 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.