???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15308
Tipo do documento: Tese
Título: A saúde mental à margem do SUS: experiências de vastidão e confinamento nas práticas clínicas
Autor: Endo, Teresa Cristina 
Primeiro orientador: Berlinck, Manoel Tosta
Resumo: Este estudo registra o curso de vinte e cinco anos de trabalho na saúde pública da cidade de São Paulo. O atendimento clínico no Sistema Único de Saúde (SUS) foi se constituindo como um material para a produção de narrativas clínicas férteis para esta pesquisa. Estes fragmentos me permitiram discutir casos que constituem tanto o método clínico, como método de pesquisa. O método clínico orienta as práticas de pesquisa para a construção de narrativas sobre casos atendidos, permite a reflexão clínica deste material e do fenômeno em análise. Este trabalho está focado na posição subjetiva da experiência clínica no obscuro que subjaz ao encontro analítico. Essa investigação requer se indagar sobre a preservação das margens, bordas e fronteiras nos territórios sucessivamente marcados e remarcados. Hoje em dia, essas linhas aparecem no campo e no trabalho de saúde mental muito semelhantes ao das demarcações e categorias vigentes em outros períodos do passado. Os usuários de saúde mental, vistos como marginais do ponto de vista do sistema de direitos, ainda são maciçamente mantidos dentro das paredes de confinamento oficial da insanidade, banidos da sociedade, mas agora do lado de fora das paredes. Quando encontramos no SUS separação tão marcante dos corpos, espaços de distinção e demarcação de lugares, ainda em vigor, é evidente a urgência em saber mais sobre a função desta situação clínica, seus fundamentos e pressupostos básicos, que frequentemente mantêm apartados o sofrimento do pathos das condições que constituem a alteridade
Abstract: This study records twenty-five years of experience working in the public health of the city of São Paulo. The clinical care in the Brasilian Unified Health System (SUS) was the source of the production of fertile clinical narratives for this research. These fragments have allowed me to discuss cases that constitute both the clinical method as the research method. The clinical method guides the practices of this research to the construction of narratives about the clinical cases, besides allow a clinical reflection of this material and the phenomenon under analysis. This work is focused on the subjective position of clinical experience in the obscure that underlies the analytic encounter. Such research requires put the question about the preservation of margins, borders and boundaries on the territories, continuously marked and remarked. These lines show up in the field and in the work of mental health nowadays and they are very similar to the demarcations and categories in force in the past. Users of mental health system seen as marginal from point of view of the system of rights, are still massively kept within the walls of official confinement of the insanity, banished from society, but now outside of the walls. When we find In the SUS so striking separation of bodies, spaces of distinction and demarcation of places, still in force, it is evident the urgency to inquire about the function of this clinical position, its foundations and the basic assumptions which maintains frequently separate the suffering of pathos from the conditions to establish otherness
Palavras-chave: Saúde mental
Clínica
Psicopatologia fundamental
Saúde pública
Menthal health
Clinical
Fundamental Psychopathology
Public health
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Endo, Teresa Cristina. A saúde mental à margem do SUS: experiências de vastidão e confinamento nas práticas clínicas. 2013. 174 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15308
Data de defesa: 8-Nov-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Teresa Cristina Endo.pdf1,68 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.