???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15443
Tipo do documento: Dissertação
Título: A construção da autonomia no adulto jovem: uma visão contemporânea a partir da abordagem Junguiana
Título(s) alternativo(s): A contemporary vision on the construction of autonomy in young adults: a jungian approach
Autor: Campanile, Luciana Leite Ximenez 
Primeiro orientador: Faria, Durval Luiz de
Resumo: Os aspectos psicológicos do adulto jovem, as possíveis dificuldades encontradas nesse período do desenvolvimento e os recursos utilizados para o enfrentamento de tais dificuldades são temas que têm despertado o interesse de estudiosos de diversas áreas. Esta pesquisa, tendo como embasamento teórico a Psicologia Analítica, procurou compreender, em especial, o processo de aquisição da autonomia no adulto jovem, levando em consideração o universo psíquico dos indivíduos que se encontram nesse momento do percurso, bem como os aspectos atinentes à sua adaptação ao mundo externo. Foi realizada uma pesquisa qualitativa, com entrevistas semiabertas, que contou com a participação de dez jovens, com idade entre 22 e 28 anos. Os resultados sugerem que este é um momento do percurso carregado de medo, tensão e dúvidas a respeito de si próprios. A falta de ritos de passagem contribui para a acentuação de tais sintomas, uma vez que não se demarca a despedida do universo adolescente e a entrada no mundo adulto. Os principais desafios com que esses jovens se deparam referem-se à busca do equilíbrio entre as demandas do mundo interno e aquelas do mundo externo, entre a inovação e a responsabilidade, entre a exploração e a disciplina. Conseguir alcançar a independência financeira e emocional em relação aos pais e sacrificar algo em prol da autonomia estão entre as possíveis dificuldades enfrentadas pelos entrevistados. Para superar os obstáculos envolvidos na consecução desses objetivos, empregam recursos como: coragem, determinação, orgulho, autocrítica e intuição. Alguns participantes descreveram problemas graves desenvolvidos nesse período, como anorexia e depressão, que também puderam ser ferramentas para auxiliar o desenvolvimento de uma maior autonomia. Dentre as principais conquistas, destacam-se a capacidade de fazer escolhas, a vivência de liberdade e a independência alcançada. Todavia, o individualismo e a falta de investimento no coletivo são fatores que se destacaram nas experiências desses jovens. Considera-se, ao final deste trabalho, a necessidade de maior atenção às relações que adultos jovens contemporâneos estabelecem com o inconsciente, com o mundo que os cerca e com as pessoas que os rodeiam
Abstract: The psychological aspects of the young adult, the possible difficulties faced at that period of development and the resources used to cope with such difficulties are issues that have attracted the interest of scholars from various fields of study. Adopting the theoretical framework of Analytical Psychology, this research aimed at understanding in particular the acquisition of autonomy in young adults, taking into account the psychological universe of individuals who are at that development point, as well as aspects relating to their adaptation to the external world. A qualitative research was conducted, based on semi-structured interviews with ten participants, aged between 22 and 28 years. The findings suggest that this moment of the journey is full of fear, tension and doubts about themselves. The lack of rites of passage contributes to make these symptoms more severe, since there is no milestone to mark the parting from the adolescent universe and the entry into the adult world. Main challenges faced by these young people are related to the search for balance between the demands from the internal world and those from the outside world, between innovation and responsibility, between exploration and discipline. Achieving financial and emotional independence from parents, as well as being able to give up certain things in favor of autonomy, is probably among the greatest difficulties encountered by respondents. To overcome the obstacles involved in achieving those goals, they have used resources such as: courage, determination, pride, self-criticism and intuition. Some of the them described severe complications during that period, such as anorexia and depression, which have also served as a support for the development of greater autonomy. Main achievements include the ability to make choices, the experience of feeling free and an independent life. Nonetheless, individualism and the lack of investment on the collective aspects of life are aspects that stand out in the experience of those young adults. At the conclusion of this work, we explore the need for greater attention to the relations that contemporary young adults establish with their unconscious as well as with the world and the people around them
Palavras-chave: Desenvolvimento adulto
Juventude
Transição
Singularidade
Autonomia
Adult development
Youth
Transition
Uniqueness
Autonomy
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Campanile, Luciana Leite Ximenez. A contemporary vision on the construction of autonomy in young adults: a jungian approach. 2015. 109 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15443
Data de defesa: 18-Sep-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luciana Leite Ximenez Campanile.pdf842,58 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.