???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15536
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ecos da vida: A construção do terapeuta de famílias: a prática clínica sob a lente das vivências na família de origem
Autor: Cramer, Carla Teresinha
Primeiro orientador: Cerveny, Ceneide Maria de Oliveira
Resumo: O campo da Terapia Familiar, em seus pouco mais de 50 anos de existência, passou por várias modificações em seu corpo teórico e no processo envolvido em tornar-se um terapeuta de famílias. As abordagens que dominavam o campo até os anos 80 do século XX eram intervencionistas e embasadas em paradigmas modernos; voltavam-se à instrumentalização e à aquisição de técnicas. Ao terapeuta, cabia o papel de especialista. Com a incorporação dos conceitos provenientes da Cibernética de 2ª Ordem, do Construtivismo e do Construcionismo Social, a terapia passou a ser considerada uma atividade dialógica, e a pessoa do terapeuta tornou-se alvo de atenção nessa disciplina. Os aportes efetuados por estudiosos de Gênero e Cultura reforçaram a importância do terapeuta desenvolver auto-reflexividade, a fim de que conteúdos de sua história de vida, passada e presente, não venham a repercutir negativamente no atendimento prestado a seus clientes. O objetivo da presente pesquisa consistiu em compreender de que modo as experiências que o terapeuta vivenciou em sua família de origem fazem-se presentes em sua prática clínica atual com famílias. O método escolhido baseou-se em um estudo de caso. Os instrumentos utilizados para a obtenção de material relevante foram a entrevista semi-estruturada e o levantamento do genograma do profissional. As informações obtidas foram analisadas e vieram a compor os seguintes eixos temáticos: Parentalidade, Conjugalidade, Relações Fraternas, Gênero e Cultura. Outro achado significativo e proveniente dessa pesquisa refere-se ao desafio atual e presente no campo que é a integração dos diversos conceitos oriundos das diferentes abordagens que compõem o que se denomina Terapia Familiar
Abstract: Family Therapy as a field of work has undergone diverse changes over its 50 years of existence, in relation both to the body of theories it comprises and the process entailed until it effectively evolved into a family-oriented therapy. Until the late twentieth century, during the 80s, the most common approaches in that area were intervention-based and those supported by modern paradigms, which employed the application of theories as a tool and the acquisition of techniques. The therapist would take on the role of a specialist. It was finally considered a dialogic activity when Second-Order Cybernetics, Social Constructivism and Constructionism concepts were brought into the therapy as such, and the therapist became the focal point of the subject at hand. Contributions made by scholars of Gender and Culture emphasise the importance of self-reflection, which should be practiced by the therapist to assure that his or her own life experiences, past or present, do not have a negative influence when counselling their patient-clients. The purpose of this study was to understand how the therapist s life experience acquired within the environment of his or her family of origin could influence their family counselling practice. The case study method was employed. The tools used to obtain relevant material were semi-structured interviews and genogram assessment of the mental health professional. Information yielded was analysed and divided into the following body of themes: Parentality, Conjugality, Fraternal Relationships, Gender and Culture. Another significant finding from this study is the current challenge posed by this field, e.g. the integration of different concepts originating from diverse approaches that comprise what is known as Family Therapy
Palavras-chave: Terapeuta de família
Família de origem
Ressonâncias
Family therapist
Family of origin
Resonances
Psicoterapia familiar
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Cramer, Carla Teresinha. Ecos da vida: A construção do terapeuta de famílias: a prática clínica sob a lente das vivências na família de origem. 2006. 119 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15536
Data de defesa: 25-Oct-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PCL - Carla Teresinha Cramer.pdf649,98 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.