???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15553
Tipo do documento: Dissertação
Título: Contribuições da psicanálise winnicottiana às rotinas neonatais
Autor: Quintino, Regina Mello
Primeiro orientador: Loparic, Zeljko
Resumo: Esta dissertação apresenta a questão das sutilezas existentes na relação mãe-bebê inicial e as interferências provocadas nessa relação pelos procedimentos neonatais na maternidade. Este estudo se baseou na teoria do desenvolvimento emocional primitivo de Donald W. Winnicott, tendo como proposta investigar, a partir das normas e rotinas contidas no protocolo de uma maternidade, se os procedimentos ali mencionados podem ou não provocar interferências na relação mãe-bebê nos primeiros tempos de vida e quais as contribuições da psicanálise winnicottiana a este tema. A realização deste estudo justifica-se pelo interesse crescente nas idéias de Winnicott bem como pela proposta original e inovadora de suas teorias, apontadas neste trabalho como responsável pelo progresso da psicanálise. No sentido de buscar uma compreensão sobre o tema proposto foi realizado um estudo sobre os estados iniciais de ser, as tarefas do processo de amadurecimento inicial bem como o papel do ambiente que pode facilitar ou dificultar o desenvolvimento. Investigou-se também o conceito de mãe suficientemente boa que contribui para a constituição da personalidade saudável, os cuidados maternos insuficientes, bem como o relacionamento da mãe com a equipe médica. A pesquisa foi realizada numa maternidade do interior de São Paulo e o procedimento metodológico adotado foi a análise de textos de normas e rotinas neonatais. Constatou-se que há, por parte da instituição, todo um trabalho visando à humanização do nascimento e uma preocupação com a promoção e incentivo ao aleitamento materno. Nesse sentido, levantou-se a questão do aspecto propagandístico da amamentação ao seio em detrimento das questões emocionais envolvidas na relação mãe-bebê, bem como da importância da formação pessoal e treinamento dos profissionais envolvidos nos cuidados à primeiríssima infância. Foram apresentadas ainda sugestões que contribuem para uma assistência integrada à mãe e ao recém-nascido
Abstract: This dissertation introduces the question of the existing subtleness in the basal mother-baby relation, and the neonatal procedures in maternity ward interventions provoked by this relationship. This study is based on Donald W. Winnicott s theory on primitive emotional development, being aimed to investigate, through the criteria and routines included in a maternity ward protocol, whether the mentioned procedures may or not evoke disturbances in the first mother-baby relationships of life, and what are the Winnicottian psychoanalytic contributions to this theme. Performing this study is justified by the increasing interest in Winnicott s ideas as well as by the original and innovative proposal of his theories, presented here as accounting on the progress of psychoanalysis. By way of getting an understanding on the proposed theme, a study has been carried out on the initial states of the being, the duties of the initial maturation process, as well as the role of environment that may facilitate or complicate the development. It was also investigated the conception of good enough mother that contributes to the establishment of a healthy personality, the inadequate maternal cares, and the relationship between the mother and the medical staff. The study was performed in a provincial maternity ward of Sao Paulo, and the adopted methodological procedure was to analyze neonatal texts of patterns and routines. It was found that, on the institutional side, there is a whole work aiming to birth humanization, and a concern about promoting and stimulating the maternal milking. In regard to this issue, it was raised the question on the propagandistic aspect of the breast feeding counteracted by the emotional issues involved in the mother-baby relationship, as well as the relevance of the personal formation and professional training of those who are involved in the very first infancy care. Some suggestions contributing to an integrated assistance to the mother and the newborn were also presented.
Palavras-chave: Mãe-bebê
interferências
psicanálise winnicottiana
normas e rotinas neonatais
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Quintino, Regina Mello. Contribuições da psicanálise winnicottiana às rotinas neonatais. 2005. 195 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15553
Data de defesa: 19-May-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
reginaquintino.pdf658,68 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.