???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15582
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSales, Carolina de Alvarenga-
dc.contributor.advisor1Macedo, Rosa Maria Stefanini de-
dc.date.accessioned2016-04-28T20:39:27Z-
dc.date.available2007-06-25-
dc.date.issued2007-05-15-
dc.identifier.citationSales, Carolina de Alvarenga. Influência dos padrões interacionais da família na obesidade do adeloscente: um estudo qualitativo com o Modelo Familiar FIRO. 2007. 264 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/15582-
dc.description.resumoA obesidade tornou-se mundialmente um problema de saúde pública que tem afetado milhões de pessoas em todas as faixas etárias, inclusive os adolescentes. Esta pesquisa propôs-se a conhecer os padrões interações definidos pelo Modelo Familiar FIRO (Fundamental Interpersonal Relations Orientation) em famílias que têm um adolescente obeso e compreender de que maneira os padrões interações familiares influenciam no problema de obesidade. Este estudo caracterizou-se como uma pesquisa qualitativa realizada com famílias paulistanas de adolescentes obesos iniciando tratamento para obesidade. Para a coleta de informações foram utilizados a entrevista semi-estruturada e o Genograma. Foi realizado entre um e dois encontros com cada família no local onde o tratamento é oferecido. Na análise das conversações constatou-se a dificuldade das famílias na inclusão da obesidade, do membro obeso e/ ou da mudança de hábito (tratamento) nas seguintes situações: alianças que fortalecem os membros obesos ou configuram uma situação propícia para a obtenção de alimento; ausência, negligência ou falta de um modelo para cuidar da obesidade do filho; dificuldade dos membros em comprometer-se com o senso de pertencimento; resistência em reconhecer a obesidade como parte da identidade do grupo familiar; visão preconceituosa que percebem na sociedade em relação à obesidade. O controle nas relações mostra-se diretamente ligado ao controle alimentar, o uso de regras rígidas, ameaça e punição dos pais sobre o comportamento alimentar dos filhos, suscita uma reação de rebeldia, desobediência e mesmo descontrole alimentar no intuito paradoxal de retomar o controle sobre seu comportamento. Finalmente, a intimidade é superficial, havendo clara restrição dos adolescentes em compartilhar os sentimentos e vulnerabilidades; isso se deve à obesidade ou à fase de desenvolvimento em que se encontrampor
dc.description.abstractObesity has become a worldwide health problem and has affected milions of people af all ages, including adolescents. This research has considered to know the standards interactions defined by the Familiar Model FIRO (Fundamental Interpersonal Relations Orientation) in families who have an obese adolescent and to understand how standards familiar interactions has an influence in the obesity problem. This study is characterized as a qualitative research carried through with São Paulo´s families of obeses adolescents initiating an obesity treatment. For the collection of information the half-structtured interview and the Genogram had been used. It was carried through between one or two meetings with each family in the place where the treatment is offered. In the analysis of the conversations it was evidenced the difficulty of the families in the inclusion of obesity, of the obese member and/or of the habit change (treatment) in the following situations: alliances that fortify the obese member or configure a propicious situation for the food attainment; absence, negligence or lack of a model to take care of son´s obesity; difficulty of the members in commiting themselves to a sense of belonging; resistence in recognizing the obesity as part of the indentity of the familiar group; prejudiced vision that they perceive in the society in relation to the obesity. The control in the relations is directly related to the alimentary control, the use of rigid rules, threat or punishment from parents on the alimentary behavior of the children, excites a reaction of revolt, disobedience and even an alimentary uncontrol in a paradoxical intention to retake control on their behavior. Finally, the intimacy is superficial, having a clear restriction of the adolescents in sharing the feelings and vulnarabilities; and this is due to obesity or to the phase of development where they find themselveng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-04-28T20:39:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Carolina.pdf: 971013 bytes, checksum: 361861e3d25dd5754365124b554e3f3b (MD5) Previous issue date: 2007-05-15eng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/30564/Carolina.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentPsicologiapor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínicapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectFamíliapor
dc.subjectSistema Familiarpor
dc.subjectObesidadepor
dc.subjectAdolescentepor
dc.subjectPesquisa Qualitativapor
dc.subjectFamilyeng
dc.subjectFamiliar Systemeng
dc.subjectObesityeng
dc.subjectAdolescenteng
dc.subjectQualitative Researcheng
dc.subjectObesidadepor
dc.subjectObesidade na dolescenciapor
dc.subjectRelacoes familiarespor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIApor
dc.titleInfluência dos padrões interacionais da família na obesidade do adeloscente: um estudo qualitativo com o Modelo Familiar FIROpor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carolina.pdf948,25 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.