???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15721
Tipo do documento: Dissertação
Título: Instituição e psicanálise: da impotência à impossibilidade
Autor: Oliveira, Beatriz Silveira Alves de
Primeiro orientador: Figueiredo, Luís Claudio Mendonça
Resumo: Tendo como referência o trabalho desenvolvido em uma clínica-escola de fonoaudiologia, a presente dissertação procura delinear os impasses e as possibilidades de sustentação do discurso psicanalítico em uma instituição. A partir de textos de Freud, realiza-se um estudo dos efeitos subjetivos decorrentes das formações de grupos e do laço social. Com os conceitos lacanianos de alienação e separação, articula-se o surgimento de mal-estar na instituição com o mal-estar que é produto intrínseco à constituição do sujeito em uma estrutura de linguagem. Tomando a psicanálise como uma experiência discursiva, verifica-se que o rigor de sua transmissão reside em uma posição ética, tal como Lacan teoriza, justificando, assim, a possibilidade da psicanálise em extensão. Trabalhando com a teoria dos discursos, de Lacan, o presente estudo procura encontrar uma saída para a impotência gerada pela alienação ao discurso institucional, apostando na singularidade da posição de cada um que se arrisca a fazer um uso mais criativo do discurso que o determina, na instituição. Ao final, conclui-se que cabe a cada analista, a partir de seu desejo, sustentar a impossibilidade de um gozo absoluto, procurando formas de barrar o discurso instituído
Abstract: This dissertation outlines the impasse and the possibilities of supporting psychoanalytical speech in an institution, having the work developed in a fonoaudiology school-clinic as a reference. Based on Freud' s writings, a study of the subjective effects resulting from group formation and social links is accomplished. Using the Lacanian concepts of alienation and separation, the appearance of the indisposition in the institution with the indisposition which is an intrinsic product to the constitution of the individual in a language structure, is articulated. Considering that the psychoanalysis is an oral experience, it is noticed that rigidity of its transmission lies on an ethical position, according to the Lacanian theory, justifying in this way the possibility of psychoanalysis in extension. Working together with Lacan's speech theory, this study tries to find a solution for the impotence created by the alienation to the institutional speech, betting on the singularity of the position of each one who risks making a more creative speech which determines it in the institution. It is concluded that each analyst, according to their desire, states the impossibility of a total jouissance, trying to find ways of barring the instituted speech
Palavras-chave: Psicanalise
Alienacao
Clinica fonoaudiologica
Psicanalista
Psicologia Clinica
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Oliveira, Beatriz Silveira Alves de. Instituição e psicanálise: da impotência à impossibilidade. 2000. 98 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2000.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15721
Data de defesa: 22-Sep-2000
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
beatriz silveira alves de oliveira.pdf5,3 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.