???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15906
Tipo do documento: Tese
Título: Música e psicose em Robert Schumann: abordando o encontro de duas fenomenologias
Autor: Iorio, André Luiz 
Primeiro orientador: Naffah Neto, Alfredo
Resumo: O autor tenta abordar a relação entre a vida de Robert Schumann, suas obras musicais e sua psicose. Uma extensa análise fenomenológica foi realizada envolvendo as correspondências (cartas) desde sua juventude até a maturidade, seu diário pessoal e de casamento e suas partituras. Em termos metodológicos, o autor relaciona a fenomenologia da música com uma análise fenomenológico existencial. No que diz respeito à fenomenologia da música, o texto está focado na tradição da estética fenomenológica que inclui autores como Merleau-Ponty, Mikel Dufrenne e Thomas Clifton. No que diz respeito à abordagem existencial fenomenológica, o autor tenta construir um diálogo com a tradição da fenomenologia psiquiátrica do início do século XX envolvendo Karl Jaspers, Eugene Minkowski e Ludwig Binswanger. A análise musical começa a partir da análise objetiva e culmina com o desenvolvimento de uma abordagem fenomenológica, com ênfase especial à corporalidade, materialidade, tempo, espaço e pathos. O autor conclui que a música de Schumann expressa as forças escondidas que estavam sempre presentes em sua vida atormentada
Abstract: The author tries to approach the relation between Robert Schumann‟s life, his musical works and his psychosis. An extensive phenomenological analysis has been developed involving the letters from his youth to maturity, his personal diary and wedding diary and his musical scores. In methodological terms, the author relates the phenomenology of music and an existential phenomenological analysis. Concerning the phenomenology of music, the text is focused on the tradition of phenomenological aesthetics which includes authors as Merleau-Ponty, Mikel Dufrenne and Thomas Clifton. Concerning the existential phenomenological approach, the author tries to build a dialogue with early twentieth century phenomenological psychiatric tradition involving Karl Jaspers, Eugene Minkowski and Ludwig Binswanger. Musical analysis starts from objective analysis and culminates in the development of a phenomenological approach with special emphasis to corporality, materiality, time, space and pathos. The author concludes that Schumann‟s music expresses the hidden forces that were always present in his tormented life
Palavras-chave: Fenomenologia
Música
Psicose
Phenomenology
Music
Psychopathology
Psychosis
Schumann, Robert 1810-1856
Fenomenologia existencial
Musica -- Analise, apreciacao
Musica -- Filosofia e estetica
Psicopatologia
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Iorio, André Luiz. Música e psicose em Robert Schumann: abordando o encontro de duas fenomenologias. 2010. 256 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15906
Data de defesa: 12-May-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Andre Luiz Iorio.pdf21,1 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.