???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16230
Tipo do documento: Dissertação
Título: Plantão psicoeducativo para educadores: estudo em uma creche na periferia da cidade de São Paulo
Autor: Almeida, Cilene Chagas Cavalcante de
Primeiro orientador: Szymanski, Heloisa
Resumo: Este estudo teve por objetivo identificar como o plantão psicoeducativo foi compreendido por educadoras de uma creche comunitária localizada na periferia de São Paulo. Procurou-se, também, investigar os desdobramentos dessa prática no seu cotidiano. A proposta do Plantão Psicoeducativo apresentado por Szymanski, na perspectiva da fenomenologia existencial, tem como propósito cuidar das questões pertinentes à prática educativa de um modo dialógico e reflexivo. A pesquisa realizada caracterizou-se como pesquisa-intervenção, embasada segundo a proposta fenomenológica existencial. O plantão realizou-se na forma de entrevista individual com as educadoras durante um ano, totalizando 54 encontros. Ao final, foi solicitado um depoimento escrito de cada uma das participantes. Observamos que um dos principais motivos da procura estava relacionado com as dificuldades referentes às relações de trabalho. Os depoimentos indicaram que o plantão foi compreendido como um espaço que contribuiu para a constituição de um ambiente acolhedor, uma vez que proporcionou a escuta das profissionais em sua dignidade. Favoreceu o cuidado com o que não é falado, e sim com o que é calado nas relações do cotidiano profissional. A autocrítica ganhou uma nova conotação, não ocupando a condição de ameaça, mas apresentando-se como oportunidade de transformação e desenvolvimento. O estudo revelou o plantão psicoeducativo como uma prática eficiente para os educadores no sentido de oferecer um espaço para reflexão sobre sua prática profissional e uma oportunidade de compreender o cotidiano de forma criativa e transformadora
Abstract: Este estudo teve por objetivo identificar como o plantão psicoeducativo foi compreendido por educadoras de uma creche comunitária localizada na periferia de São Paulo. Procurou-se, também, investigar os desdobramentos dessa prática no seu cotidiano. A proposta do Plantão Psicoeducativo apresentado por Szymanski, na perspectiva da fenomenologia existencial, tem como propósito cuidar das questões pertinentes à prática educativa de um modo dialógico e reflexivo. A pesquisa realizada caracterizou-se como pesquisa-intervenção, embasada segundo a proposta fenomenológica existencial. O plantão realizou-se na forma de entrevista individual com as educadoras durante um ano, totalizando 54 encontros. Ao final, foi solicitado um depoimento escrito de cada uma das participantes. Observamos que um dos principais motivos da procura estava relacionado com as dificuldades referentes às relações de trabalho. Os depoimentos indicaram que o plantão foi compreendido como um espaço que contribuiu para a constituição de um ambiente acolhedor, uma vez que proporcionou a escuta das profissionais em sua dignidade. Favoreceu o cuidado com o que não é falado, e sim com o que é calado nas relações do cotidiano profissional. A autocrítica ganhou uma nova conotação, não ocupando a condição de ameaça, mas apresentando-se como oportunidade de transformação e desenvolvimento. O estudo revelou o plantão psicoeducativo como uma prática eficiente para os educadores no sentido de oferecer um espaço para reflexão sobre sua prática profissional e uma oportunidade de compreender o cotidiano de forma criativa e transformadora
Palavras-chave: Educação infantil
Formação de educador
Creche
Creches - São Paulo (cidade)
Professores de educação pre-escolar - Formação profissional
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Almeida, Cilene Chagas Cavalcante de. Plantão psicoeducativo para educadores: estudo em uma creche na periferia da cidade de São Paulo. 2006. 100 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16230
Data de defesa: 26-May-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CileneAlmeida.pdf661,82 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.