???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16412
Tipo do documento: Tese
Título: Concepções e práticas pedagógicas de educadoras da pequena infância: os saberes sobre o movimento corporal da criança
Autor: Garanhani, Marynelma Camargo 
Primeiro orientador: André, Marli Eliza Dalmazo Afonso de
Resumo: A presente pesquisa buscou investigar concepções e práticas cotidianas de educadoras de um Centro de Educação Infantil, para identificar quais saberes norteiam as ações pedagógicas acerca do movimento do corpo da criança que se encontra na idade de 3 a 6 anos. Os subsídios teóricos foram os pressupostos de Wallon, referentes ao desenvolvimento e educação da criança de 3 a 6 anos; e os estudos de Charlot e Tardif sobre a natureza do saber docente. A coleta de dados realizou-se por meio da observação de práticas pedagógicas, entrevista semiestruturada, análise de documentos e fotografia. A fala das educadoras e o cotidiano das práticas pedagógicas do Centro de Educação Infantil mostraram que há iniciativas para o trabalho pedagógico do movimento corporal infantil, mas as educadoras, independente das suas formações profissionais, relatam dificuldades na sistematização e na justificativa de atividades referentes a esse trabalho. As educadoras com formação básica compreendem que o movimento do corpo está presente em todas as atividades que a criança vivencia e por isso não há necessidade de organizar atividades pedagógicas para este fim. Dão ênfase às atividades livres. A educadora formada em magistério/nível médio compreende que o movimento corporal tem a mesma importância que as outras linguagens na Educação Infantil e confirma realizar um trabalho pedagógico dessa natureza. Equilibra, na rotina, atividades livres e dirigidas, mas o objetivo é a recreação. Já as educadoras formadas em pedagogia atribuíram a responsabilidade desse trabalho à área da educação física. Uma delas confirmou a realização desse trabalho, mas justificou que é um momento lúdico. A outra educadora justifica a não realização desse tipo de atividade pela falta de conhecimento sobre o tema e experiências negativas na sua formação educacional. Esses dados indicam a necessidade de orientações adequadas para a realização de um trabalho pedagógico relacionado ao movimento do corpo na Educação Infantil
Abstract: The present piece of research has sought to investigate both conceptions and practices of the teachers daily routine in a Center for Children Education in arder to identify which knowledges guide the pedagogical acts concerning the 3 to 6 years old children's body movement. The theoretical subsidies have been Wallon's premisses which reter to the development and education of a child between 3 and 6 years of age; and aIso the works by Charlot and Tardif about the nature of the teaching staff knowledges. Data have been, collected through the observation of pedagogical practices, semi-structured interviews, documents analysis and photographs. The teachers speech and the daily pedagogical practices in the Center for Children Education have shown that there are initiatives to be taken towards a pedagogical work for eliciting children' s body movement, however, the teachers (despite their different levels of education) report having found difficulties for systematizing and justifying the activities concerning these tasks. The teachers who are elementary leveI educated understand that body movement is present in every activity of the children, thus there should be no need for organazing specific pedagogical activities for that purpose. They emphazise free activities. The teacher whose education is at highschoollevel understands that body movement for Children Education is as important as any other languages and this teacher accomplishes a pedagogical work of such nature and manages to balance free and directed activities in the daily routin, but the goal here is recreation. Eventually, the teachers who have a university degree in Pedagogy impute to the Physical Education department this responibility. One of them told us having dane such work, however, she justified it as a playful momento Another teacher justifies she doesn' t deal with this kind of activity because she lacks knowledge about it and also due to negative experiences she had in heI own educational processo These facts indicte the accessity for adequate guidance and orientation for the fulfillment of a pedagogical work related to body movement in the field of Children Education
Palavras-chave: Educadores
Educacao de criancas
Movimento corporal
Psicologia da Educacao
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Garanhani, Marynelma Camargo. Concepções e práticas pedagógicas de educadoras da pequena infância: os saberes sobre o movimento corporal da criança. 2004. 155 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16412
Data de defesa: 30-Nov-2004
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marynelma Camargo Garanhani.pdf10,12 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.