???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16472
Tipo do documento: Dissertação
Título: Exclamações, interrogações e reticências na instituição de educação infantil: uma análise a partir da teoria sócio-interacionista de Vygotski
Autor: Machado, Maria Lucia de A.
Primeiro orientador: Davis, Cláudia Leme Ferreira
Resumo: Após a promulgação da Constituição de 1988, o atendimento institucional às crianças de O a 6 anos de idade, passou a estar vinculado à área da Educação. Esta determinação trouxe, para a instituição de educação infantil, a necessidade de explicitar a intencionalidade educativa a que se propõe, assim como de optar por um referencial teórico que permita elucidar a relação desenvolvimento/aprendizagem nesta faixa etária. Desta forma, o objetivo desta pesquisa configura-se como sendo o de analisar o modo como a instituição de educação infantil identifica e atende às necessidades de desenvolvimento e aprendizagem das crianças, a partir dos pressupostos da teoria de L.S. Vygotski. Para tanto, circunscreve-se o conceito de interação, a relação interação/conhecimento e a decorrente concepção de criança. Em seguida, delimitam-se as especifieidades das interações de caráter educativo, pedagógico e lúdico, por se entender que diferentes tipos de interação levam a distintos níveis de conhecimento. Finalizando, exploram-se algumas perspectivas para a instituição de educação infantil, a partir das análises previamente efetuadas
Palavras-chave: Psicologia da Educacao
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Machado, Maria Lucia de A.. Exclamações, interrogações e reticências na instituição de educação infantil: uma análise a partir da teoria sócio-interacionista de Vygotski. 1993. 120 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1993.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16472
Data de defesa: 30-Nov-1993
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Lucia de A Machado.pdf6,34 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.