???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16509
Tipo do documento: Dissertação
Título: Percepções de adolescentes: relações pais-filhos e características parentais
Autor: Lapin, Anna Maria Pinheiro Franco
Primeiro orientador: Neri, Anita Liberalesso
Resumo: Este estudo fundamenta-se na aprendizagem social e nos produtos de socialização: identificação sexual e moral. Seus objetivos principais foram: (a) verificar o perfil de características que os adolescentes atribuem a seus modelos parentais; e (b) verificar a relação existente entre o tipo de relacionamento dos adolescentes com seu pai e sua mãe e o perfil que traçam deles. Foram utilizados 371 sujeitos, de ambos os sexos, com idades entre 13 e 17 anos, estudantes de oitava série, que pertenciam a três níveis sócio-econômicos (baixo, médio e alto). O instrumento de medida utilizado na coleta de dados continha um questionário e um conjunto de 36 escalas bipolares, nos moldes do Diferencial Semântico. Os resultados, obtidos a partir do teste da mediana, revelaram uma tendência central (+2), representando uma reação bastante positivados adolescentes aos perfis de seus pais. O teste de qui-quadrado indicou que não há diferença significativa na atribuição que os adolescentes fazem do perfil positivo do pai e da mãe, nos dois sexos. Usando-se o coeficiente de correlação de Kendall, entre relações parentais e perfil positivo de pai e mãe, os resultados estatisticamente significativos foram: (a)para os perfis de pai e mãe, levando-se em conta o sexo dos sujeitos; (b)considerando-se o nível sócio- econômico (NSE) dos sujeitos, independentemente de sexo: nos NSE baixo e alto, para o perfil de pai e no NSE médio, para o de pai e o de mãe; (c) atentando-se para sexo e NSE: no sexo feminino, de NSE médio e alto e no sexo masculino, de NSE baixo e médio: para 9 perfil de pai e não para o de mãe. Os resultados foram discutidos segundo os papéis sexuais e sociais de pais e mães, homens e mulheres,encontrados em nosso contexto social
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Lapin, Anna Maria Pinheiro Franco. Percepções de adolescentes: relações pais-filhos e características parentais. 1983. 101 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1983.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16509
Data de defesa: 30-Nov-1983
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Anna Maria Pinheiro Franco Lapin.pdf5,53 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.