???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16602
Tipo do documento: Dissertação
Título: O ingresso no 1º ano do ensino fundamental de nove anos: sentimentos revelados por crianças de uma escola pública
Autor: Abreu, Ludmila Passos 
Primeiro orientador: Almeida, Laurinda Ramalho de
Resumo: Com base na teoria proposta por Henri Wallon, o presente estudo investigou os sentimentos de crianças de uma escola pública ao ingressar no 1º ano do ensino fundamental de nove anos. Para a produção de informações foram realizados três encontros com um pequeno grupo de crianças em uma escola da rede municipal de uma cidade localizada no interior de Pernambuco. Os encontros aconteceram nos meses de fevereiro, agosto e outubro. Participaram inicialmente quatro crianças. No segundo e terceiro encontros estavam presentes apenas três, que se estabeleceram como participantes da pesquisa. Em cada encontro, foi proposta como atividade de aquecimento a elaboração de um desenho relacionado às vivências das crianças no 1º ano do ensino fundamental. Desde o momento da execução do desenho, a conversa das crianças entre si e com a pesquisadora trouxe elementos significativos para a apreensão de seus sentimentos. As informações obtidas foram transcritas e analisadas por meio da explicitação de significados, procedimento que permitiu a definição de três categorias: material e espaço físico da escola; encontros e desencontros com a professora; a leitura na ótica do sentimento. Os resultados apontaram que esses aspectos desencadeiam nas crianças diversos sentimentos, tanto de tonalidade agradável como desagradável. O material e o espaço físico da escola fazem vir à tona alguns desejos das crianças que, devido às condições reais oferecidas pela escola, não podem ser realizados. Os sentimentos em relação à professora se modificam ao longo do ano. No início, as crianças se mostram amedrontadas devido a sua forma de exigir a disciplina em sala de aula. Mais tarde, reconhecem sua autoridade e por fim chegam a justificar algumas de suas ações, defendendo-a. Quanto à aprendizagem da leitura, apresentam uma noção vaga no início do ano, e já ao final se consideram aptas a ler, reconhecendo que esta é uma habilidade ainda em construção.
Abstract: Based upon the theory proposed by Henri Wallon, the present study researched the feelings of children from a public school when entering the first year of fundamental school. The gathering of data happened during three sessions organized with a small group of children in a public school located in the state of Pernambuco. The sessions happened in February, August and October. The first one was made with four children, but in the following two sessions, only three of them were present, and eventually became the subjects of the study. In each session, a warm-up activity was proposed, in which they made drawings about the experiences of children in the first year of fundamental school. From the beginning of this activity, the conversation among the children and with the researcher brought significant insights into their feelings. The gathered data was analyzed by means of the explicit signification, which allowed the definition of three categories: material and physical space of the school; encounters and unencounters with the teacher; the act of reading viewed through the perspective of emotion. The results showed that these aspects unleash several emotions in children, whether pleasant or unpleasant. The material and physical space of the school bring out some urges on the children, which cannot be fulfilled, given the real conditions of the school. The feelings about the teacher change during the year. In the beginning, they feel scared by the demands of discipline in the classroom. Later, they recognize her authority, and in the end they even justify some of her actions, standing by her side. Regarding the learning of reading, they have a vague notion in the beginning of the school year, and by the end they consider themselves able to read, even though they recognize this as a still evolving ability
Palavras-chave: Ensino fundamental de nove anos
Sentimentos de crianças
Nine-year fundamental school
Feelings of children
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Abreu, Ludmila Passos. O ingresso no 1º ano do ensino fundamental de nove anos: sentimentos revelados por crianças de uma escola pública. 2010. 90 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16602
Data de defesa: 12-May-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ludmila Passos Abreu.pdf1,7 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.