REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/16935
Tipo: Dissertação
Título: A identidade social e suas relações com a ideologia
Autor(es): Ciampa, Antonio da Costa
Primeiro Orientador: Lane, Silvia Tatiana Maurer
Resumo: Uma analise crítica da Psicologia Social contemporânea leva ao exame das relações entre Identidade Social e Ideologia. Dentro de uma abordagem dialética, a partir da analise da realidade social, o homem e considerado um habitante de um universo simbólico, cujas definições se constituem nas ideologias. Dai a centralidade desta noção, pois uma particular versão da realidade, quando se estabelece numa sociedade, adquire o poder de realizar a realidade que se propõe explicar, graças a seus efeitos socializadores, especialmente sob a forma de"teorias" da identidade, que sempre são concepções encaixadas em uma interpretação mais geral da realidade. Utilizando o "modelo tridimensional da identidade social" de Sarbin & Scheibe (1969), este estudo tem como propósito especifico identificar alguns efeitos sistemáticos da ideologia dominante nas avaliações feitas por sujeitos masculinos e femininos, quanto à agradabilidade associada a adjetivos de uma amostra. Estas palavras qualificam certos desempenhos de papeis ligados às posições sociais de "pessoa" e de "homem" ou 'mulher", variando as declarações de valorização conforme se refiram a si-mesmo, a outra pessoa do sexo masculino ou a outra pessoa do sexo feminino. Tanto as avaliações como as posições sociais são consideradas co mo elementos componentes da identidade social; assim, aqueles efeitos da ideologia dominante são entendidos como formas de interferência na configuração de identidades sociais. Os resultados obtidas com 75 sujeitos do sexo masculino e 75 do sexo feminino, avaliando 150 adjetivos, mostram que existem diferenças significativas entre os sujeitos, seja em função de quem avalia, seja de quem e avaliado. Contudo, uma analise e interpretação mais global desses resulta dos sugerem que essa variedade e aparente, ocultando uma ação organizada,coe rente e extensiva da ideologia dominante, produzindo um efeito sistemático nas formas de avaliar a identidade social, que consiste em tornar o homem , mais que a mulher, dependente das valorizações que recebe pelo desempenho de papeis mais adquiridos. As conclusões devem ser consideradas com reservas, pois novos da dos são necessários; além disso, há a necessidade de se incluir no referido modelo as noções de estrutura de classe e de ideologia dominante, com to das as implicações dai decorrentes
Palavras-chave: Envolvimento
Pragmatismo
Self
Status social
Identidade
Ideologia
Interacao social
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social
Citação: Ciampa, Antonio da Costa. A identidade social e suas relações com a ideologia. 1977. 159 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1977.
Tipo de Acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16935
Data do documento: 19-Nov-1977
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Antonio da Costa Ciampa.pdf
  Restricted Access
3,35 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.